Rodrigo Caetano, sobre eliminação do Flamengo na Libertadores: "A frustração é enorme"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 828

Pin
A eliminação na Copa Libertadores ainda é assunto no Flamengo. Goal

Rodrigo Caetano, sobre eliminação do Flamengo na Libertadores: "A frustração é enorme"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 828

O dirigente ainda defendeu os estrangeiros Mancuello, Donatti e Cuellar.

A eliminação na Copa Libertadores ainda é assunto no Flamengo. Em silêncio desde quarta-feira (17), quando a equipe foi derrotada pelo San Lorenzo por  2 a 1, o diretor de futebol, Rodrigo Caetano, conversou com a imprensa na manhã desta sexta (19) após a reapresentação da equipe e falou sobre o objetivo do clube no ano.

"Foi um golpe duro demais. A Libertadores começou para gente ano passado no Brasileiro. Nós planejamos para seguir mas o detalhe ia fazer a diferença. Creditamos a nossa incapacidade. O torcedor nos acompanha e está magoado como nós. A frustração é enorme. Tínhamos condições de chegar longe. Vamos ser avaliados agora pela reação daqui para frente. É obrigação voltar em 2018", disse.

Agora, o Flamengo busca se concentrar para o Campeonato Brasileiro. Neste sábado, a equipe visita o Atlético-GO, às 19h (horário de Brasília), pela segunda rodada.

Outros pontos da coletiva:

Má fase dos gringos

"Flamengo não contrata de forma pessoal. Há todo um processo. Reproduzindo a eles, cada caso de um deles. Cuéllar é um volante que na chegada do Muricy foi identificado como bom valor, foi vice-mundial sub-20 pela Colômbia. Existe disputa interna. Mancuello era disputado por muitas equipes, capitão, jogou na Seleção. Donatti foi eleito melhor zagueiro da última Libertadores."

"Berrío participou da última Libertadores em que foi campeão. Falo de alguns predicados que trouxeram o interesse a eles. O grupo espera o retorno deles, como eles já deram, mas sei que darão. Podíamos citar outros que vieram sem custo, mas entendemos que nesse momento fale-se disso."

Displicência dos jogadores

"Não posso imaginar de um elenco que trabalhamos um dia inteiro, que se compromete, que vão tratar com menos importância um jogo desse. De todos os jogos que podemos avaliar, de todas as seis partidas na fase de grupos, o segundo tempo contra o San Lorenzo foi o que a equipe jogou mas aquém. Só nós sabemos o que vivenciamos no vestiário e no retorno. Os jogadores chorando, todos recuperamos os cacos. Isso é colocar em xeque o nível de profissionalismo."

Reforços

"O Flamengo nem pagou todos esses jogadores. Não foi uma contratação pessoal. Houve consenso. Cada um passa por adaptação. Cada caso: Cuellar é um bom volante e foi para seleção colombiana. Aqui existe disputa interna. Mancuello com passagem por seleção. Donatti o melhor zagueiro da Libertadores e o Berrio campeão. Flamengo os trouxe para agregar experiência. O clube espera que todos possam dar retorno. Outros vieram sem custo e são titulares. Quem não é aproveitado é por uma série de questões e o Zé Ricardo que escolhe. Nossa avaliação vai ser sempre interna."

Obrigação

"A expectativa é alta. A ideia é conquistar mais títulos além do Estadual. Não haverá caça às bruxas. Vamos fazer as correções. Não recomeçar. Se não vai errar. Vamos fazer ajustes. Perdemos três jogos no ano. Alguma explicação vamos encontrar."

Brasileirão

"Para voltar a Libertadores tem que disputar sempre em cima. Queremos mais títulos esse ano. Todo jogo será uma decisão. Que amanhã já tenha uma reação em relação a esse golpe duro. A torcida quer ver agora mesmo magoada é o poder de reação. Se mostrar na sequência para buscar as primeiras colocações o torcedor virá. Nunca houve manifestação de que a equipe honrou a camisa e deixou de correr. A equipe tem essa obrigação e nós vamos cobrar."

BeSoccer

BeSoccer

noticias 8,887 RANK 1
LEITURAS 20M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook