noscript image

37 anos de uma liderança sem rival

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 1,170

Pin 37 anos da presidência de Pinto da Costa. EFE
37 anos da presidência de Pinto da Costa. EFE

37 anos de uma liderança sem rival

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 1,170

Pinto da Costa assumiu a liderança do FC Porto em 1982. Desde essa data, o presidente não encontra rival à altura e tornou-se no mais antigo e titulado do mundo.

Sexta-feira, 23 de abril de 1982, Jorge Nuno de Lima Pinto da Costa, assumia com 95% dos votos e sem concorrência a presidência do FC Porto. Uma história de liderança, compreensão e de sucesso que chega até aos dias de hoje.

O líder dos dragões apresentava-se nas eleições com o slogan "Se queres um F. C. Porto forte em Portugal e na Europa, vota na lista B, Jorge Nuno Pinto da Costa". Prometeu e cumpriu. 

O título teimava em chegar mas as conquistas foram imediatas. Em 1983 os dragões conquistam a Supertaça e em 1984 é a vez da Taça de Portugal. 

Costuma-se dizer que há terceira é de vez e em 1985 chegou o teimoso do título. O clube começava a ganhar mais adeptos e continuava a crescer tanto em Portugal como pelo mundo. 

1987 é um ano inesquecível para a nação portista. Com golos de Madjer, o famoso calcanhar, e de Juary, o FC Porto vence a Taça dos Clubes Campeões Europeus e no mesmo periodo é campeão do Mundo de clubes. No ano seguinte, chega a Supertaça Europeia. 

As conquistas azuis e brancas ultrapassavam fronteiras e Pinto da Costa conquistava cada vez mais admiradores. O FC Porto era conhecido e reconhecido por todos. 

Na década de 90, nova conquista para consagrar a hegemonia azul e branca. De 1994 a 1999, o FC Porto assumiu a liderança da Liga e conseguiu tornar-se na única equipa nacional a conquistar um pentacampeonato em Portugal. 

No início do século XX, continuam as conquistas não só futebolistas mas também na construção de novas estruturas. Em 2003, nasceu o Estádio do Dragão para substituir as míticas Antas, e no ano seguinte nasce o centro de treinos do Olival. Ao longo deste periodo chegam a Taça UEFA, a Champions e a Taça Intercontinental.

Os conquistas no país continuavam a chegar mas em 2011 pela mão de Villas-Boas os dragões têm um novo ano de sonho. O ambicionado triplete chegou com a conquista da Liga, Taça e Europa League. 

Na temporada passada, Pinto da Costa, voltou a puxar da sua sabedoria para travar a conquista de um novo penta... desta vez pelo maior rival dos azuis e brancos. Chamou Sérgio Conceição a assumir os comandos da equipa. O treinador, conhecedor do significado da mística conquistou o campeonato e continua a dar alegrias aos adeptos azuis e brancos. 

Pinto da Costa continua a somar adeptos e a conquistar o mundo com a sua brilhante liderança. Os seus quase 1300 títulos entre os quais 21 campeonatos, 12 Taças de Portugal,  20 Supertaças, 2 Ligas dos Campeões, 2 Ligas Europa, 2 Taças Intercontinentais e uma Supertaça Europeia, só no futebol, fazem dele o presidente mais titulado do mundo. Por seu lado, os seus 13 mandatos, que podem chegar ao 14º no próximo ano, tornam-no o mais antigo no ativo. 

Aos 81 anos, Pinto da Costa traçou uma história de sucesso com o clube "da cidade que na história deu o nome a Portugal". Um amor que parece não ter fim agendado e que promete colocar no museu do FC Porto muito mais troféus. 

Priscila

Priscila

noticias 1,206 RANK 7
LEITURAS 4M RANK 7
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook