noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"A MLS já não é uma liga de jogadores aposentados"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,600

Pin Diretor da liga dos Estados Unidos vê evolução do futebol no país. AFP
Diretor da liga dos Estados Unidos vê evolução do futebol no país. AFP

"A MLS já não é uma liga de jogadores aposentados"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,600

Alfonso Mondelo, diretor esportivo da MLS, falou no noite do duelo entre o Atlético de Madrid e as estrelas da liga dos Estados Unidos sobre a evolução do futebol no país norte-americano durante os últimos anos.

"Para a MLS, ter equipes deste renome é muito importante. Que o público possa aproveitar dessas estrelas e deste futebol", disse Mondelo a 'Marca' antes da partida.

"A trajetória do Atlético nos últimos anos o coloca entre os melhores do mundo. Gostamos de medir forças contra equipes de nível máximo", acrescentou.

"Aqui a gente nos últimos anos reconhece o trabalho do Atlético de Madrid. Conseguiu chegar a duas finais de Champions e brigou pelo título espanhol contra dois gigantes, Barcelona e Real Madrid", Mondelo seguiu valorizando o time de Simeone.

Sobre o futebol nos Estados Unidos, o diretor vê evolução: "É uma liga crescente. Temos 26 anos e nos últimos cinco ou seis tivemos um crescimento muito importante. Está se tornando uma das grandes ligas de esporte nos Estados Unidos".

"A política de contratações aqui está focada em trazer jogadores jovens, que ajudem a aumentar o crescimento do nível do futebol. Como negócio, é bastante forte, por isso buscamos jogadores que cresçam e se formem aqui. Daqui a alguns poucos anos, esperamos ter uma das ligas mais competitivas em nível mundial", afirmou.

Alfonso Mondelo detalhou o modelo da MLS: "Antes não se trabalhava para formar os jovens para uma carreira como profissionais, mas para as universidades. Levamos sete anos e estamos começando a ver os primeiros resultados, como jogadores que saem daqui e são muito importantes em outros países".

"Aqui não queremos jogadores aposentados. Já vieram Valderrama e Stoichko, jogadores que podiam atrair o público. Essa política mudou, agora queremos jogadores que nos ajudem dentro de campo, que elevem o nível. Já não é uma liga de aposentados", concluiu.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 33K RANK 1
LEITURAS 110M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook