noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

A vida pós-Dudu: quem será o substituto no Palmeiras?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 299

Pin Dudu deverá ser vendido ao Al Duhail, do Catar. EFE
Dudu deverá ser vendido ao Al Duhail, do Catar. EFE

A vida pós-Dudu: quem será o substituto no Palmeiras?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 299

Iminente saída do atacante abre espaço para jovens, reforços milionários e deixa lacuna clara em referência.

O atacante Dudu vive momentos decisivos sobre o seu futuro no Palmeiras. Pretendido pelo Al Duhail, do Catar, e envolvido em uma acusação de agressão feita pela sua ex-mulher, o jogador dificilmente seguirá no clube com a retomada do futebol, abrindo espaço para que surjam substitutos.

A troca, é claro, não será fácil. O meia-atacante foi, desde 2015, o centro das atenções no Verdão. Ainda que tenha dividido protagonismo em alguns momentos, como no surgimento de Gabriel Jesus e nos grandes momentos de Moisés e Bruno Henrique, Dudu agora deixa uma lacuna que o clube crê ter condição de preencher.

O primeiro nome que aparece como substituto para a exata função de Dudu é Rony. Principal contratação da temporada, o ponta esquerda havia motivado um posicionamento mais central do camisa. Ao lado de Willian Bigode, pode ser o alicerce de velocidade para a capacidade finalizadora de Luiz Adriano.

Outro que também pode ganhar mais espaço é o jovem Gabriel Veron, grande destaque do Brasil no título do Mundial Sub-17, no ano passado. O atacante vem sendo trabalhado e, com a chegada de Rony, parecia que ia perder espaço. Agora, porém, os minutos de Dudu têm tudo para serem divididos entre os companheiros.

Menos badalados, mas com funções semelhantes, os também jovens Luan Silva e Wesley são outros de olho na possibilidade de jogar mais vezes em 2020. Wesley jogou duas vezes no começo do ano, enquanto Luan esteve presente em um tempo da partida contra a Ferroviária, pouco antes da paralisação.

Pela versatilidade, a saída de Dudu também abriria espaço para que os badalados meias da equipe jogassem mais. Lucas Lima, que participou de oito jogos no ano, e Raphael Veiga, presente em cinco, são os nomes para realizar a função de ligação entre o meio e o ataque.

Dentre todas essas opções, porém, fica claro que o Palmeiras precisará buscar alguém que reponha a importância de Dudu como referência técnica da equipe. Maior artilheiro do século e jogador com mais assistências no mesmo período, ele centralizou elogios e críticas por muito tempo. Quem irá se habilitar para a tarefa?

BeSoccer

BeSoccer

noticias 51K RANK 1
LEITURAS 143M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook