noscript image

Alisson caminha para superar o ídolo e 'padrinho' Taffarel

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 680

Pin Alisson continua a brilhar na Europa ao serviço do Liverpool. Goal
Alisson continua a brilhar na Europa ao serviço do Liverpool. Goal

Alisson caminha para superar o ídolo e 'padrinho' Taffarel

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 680

Camisa 13 do Liverpool corre atrás de objetivo de ser o terceiro goleiro brasileiro a conquistar a Liga dos Campeões.

Nesta quarta-feira, diante do Porto, na partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, Alisson tem pela frente mais uma missão na busca pelo sonhado título europeu. Uma conquista que apenas dois goleiros brasileiros têm na carreira: Dida e Júlio César, por Milan e Inter de Milão, respectivamente. Uma conquista que, curiosamente, faltou no vitorioso currículo do "padrinho" do camisa 13 do Liverpool: Taffarel.

Tetracampeonato mundial e uma das maiores referências da posição no Brasil, o ex-goleiro foi o responsável por apostar todas as fichas em Alisson na Seleção Brasileira. Em 2015, já no papel de preparador, convenceu Dunga a dar a primeira oportunidade ao então jogador do Internacional, que não tardou a ganhar a disputa com Jefferson e Marcelo Grohe pela titularidade.

Mais do que um ídolo, Taffarel é um grande amigo pessoal de Alisson. O fato de ambos terem sido revelados profissionalmente pelo Colorado fortaleceu a relação. Costumam ter encontros frequentes durante as férias, geralmente em Gramado, no Rio Grande do Sul, não dispensam uma roda de chimarrão e conversam quase que diariamente, principalmente nos dias de jogos do Liverpool. 

As famílias também são próximas. Catherine Taffarel, filha do ex-goleiro, viajou algumas vezes para acompanhar alguns jogos do atual goleiro da Seleção. A pedido do pai, aliás, já fez até "análises" de desempenho do amigo. 

Aos 26 anos, Alisson tem cada vez mais moral na Europa. Fez sucesso na Roma durante duas temporadas e ocupa o posto de segundo goleiro mais caro da história, tendo sido comprado pelos Liverpool por 75 milhões de euros. Antes de desembarcar na Inglaterra, chegou a ser sondado pelo Real Madrid.

Taffarel, por sua vez, viveu de altos e baixos no Velho Continente. Até teve um bom início de trajetória no Parma, sendo campeão da Copa da Itália (1992) e da Recopa Europeia (1993). Apesar dos títulos, nunca brilhou. Acabou emprestado para o modesto Reggiana antes de sair para o Atlético-MG. De volta ao futebol europeu, em 1998, ganhou destaque no Galatasaray, onde ergueu a troféu da Copa da Uefa (hoje Liga Europa) e jogou durante três anos.

A idolatria da torcida turca rendeu frutos para Taffarel depois da aposentadoria. Desde 2011, trabalha como preparador de goleiro do clube de Istambul, cargo que também passou a ocupar na Seleção Brasileira a partir de 2014.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 27K RANK 1
LEITURAS 90M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook