noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Ao leme de Cristiano Ronaldo

Priscila por Priscila @besoccer_es - 2 7,036

Pin Cristiano Ronaldo assinou o hat-trick que leva Portugal até à final. AFP
Cristiano Ronaldo assinou o hat-trick que leva Portugal até à final. AFP

Ao leme de Cristiano Ronaldo

Priscila por Priscila @besoccer_es - 2 7,036

Portugal carimbou, esta quarta-feira, o passaporte para a primeira final da Liga das Nações ao vencer a Suíça por 3-1, com um hat-trick supremo do capitão Cristiano Ronaldo.

A "Final Four" da Liga das Nações arrancou esta quarta-feira no Estádio do Dragão. Na primeira meia final jogada a uma mão Portugal recebia a Suíça com a intenção de vencer e assegurar um lugar na final que se realiza no próximo domingo no mesmo estádio. 

O Dragão, desta vez, vestiu-se de vermelho e verde para receber a Seleção Nacional. O apoio era brilhante e a reação do combinado da casa também o foi. 

Fernando Santos apostou na juventude e nas pérolas que brilharam esta temporada. Bruno Fernandes e Rúben Neves assumiram a titularidade e João Félix assinou a sua estreia com a camisola da seleção A. O capitão, Cristiano Ronaldo, ausente da fase de qualificação para a "final four" também estava de volta. Uma seleção diferente daquela que venceu o Europeu de 2016 mas que mostrava muita vontade de conquistar a primeira edição da Liga das Nações. 

Os suíços entraram melhor com Shaqiri a ser uma grande dor de cabeça para a defesa portuguesa e um quebra cabeças que Rui Patrício conseguiu resolver na perfeição. 

À passagem da primeira meia hora a seleção das quinas acordou com Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva. O capitão tentou o remate mas a bola passou ao lado da baliza de Sommer. 

Os ataques surgiam de ambas as partes e a Suíça mostrava dificuldades em aguentar o ritmo de um português sedento de golos! Cristiano Ronaldo é derrubado bem perto da área aos 24'. O mesmo assume a função da marcação do livre e coloca Portugal na frente!

O português disparou um míssil para a baliza de Sommer que ficou parado e estupefacto a ver a bola entrar bem perto do seu poste esquerdo. Uma bola potente e rasa que desnorteou o guardião suíço. 

Com o golo, Portugal assumiu o controlo do jogo, mas Cristiano, apesar da grande criação de oportunidades, não conseguia dominar o esférico. Aos 42' foi a vez da Suíça assustar. Mbabu cruza para a área e Seferovic (um conhecido de todos os lusos) cabeceou à trave da baliza de Rui Patrício. 

Antes do intervalo, a seleção portuguesa fica a reclamar grande penalidade sobre João Félix. Um passe supremo de Cristiano Ronaldo para o jovem avançado luso que é agarrado na área e não consegue rematar com eficácia. O árbitro manda seguir a jogada e posteriormente apita para o descanso. 

Portugal estava na frente e mais perto de concretizar o sonho de chegar à final mas depois descanso as coisas mudaram. A polémica instalou-se no Dragão e uma sequência de jogadas deixou todos baralhados com a decisão de Felix Brych. 

Inicialmente o árbitro do encontro assinalou penálti sobre Bernardo Silva, no entanto, o VAR informou o colegiado que haveria uma falta de Nelson Semedo sobre Zuber na jogada anterior e na área contrária. Penálti marcado, anulado e novamente marcado mas na área contrária e a favor da Suíça. 

Rodríguez foi chamado a converter a pena máxima e não falhou com um disparo raso e cruzado. Estava feito o empate no marcador e as duas seleções tinham de lutar se queriam marcar presença na final da competição. 

Mas as equipas começaram a defender ao invés de atacar, o medo de arriscar e perder tudo apareceu em ambos os combinados e até quase ao final do encontro que não existiram oportunidades de grande perigo para nenhum dos lados. 

Até que apareceu o suspeito do costume para desatar todo o encontro: Cristiano Ronaldo. Precisou apenas de dois minutos para sentenciar um encontro que parecia correr para o prolongamento. 

Aos 88' a parceria perfeita entre Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva volta a dar frutos com o capitão a bater Sommer com um remate de primeira à entrada da área. Cruzamento do '20' para Cristiano que não falha e coloca Portugal em vantagem novamente. 

Tempo para recolocar a bola em jogo depois de uma substituição e Cristiano Ronaldo volta a fazer das suas. A Suíça perde a bola no meio campo de Portugal. Bernardo Silva vê Cristiano na esquerda, serve o capitão que ganha espaço e ajeita para bater novamente Sommer.

Um hat-trick brilhante do capitão português que carimbou assim a passagem de Portugal à final e mostrou a todos que a sua presença faz o barco português remar a bom porto. 

Com Bernardo Silva nas assistências, Cristiano Ronaldo remou e leva Portugal até à final. Depois da ausência na fase de qualificação, o capitão português mostra que tinha saudades de fazer das suas com a camisola nacional. 

Domingo, o Dragão volta a vestir-se de verde e vermelho para receber os campeões da Europa que esperam pela próxima meia final para conhecerem o seu adversário. 

Depois da conquista da Europa, será Portugal capaz de conquistar o primeiro troféu da Liga das Nações? Com o leme de Cristiano afinado, o barco português pode tudo!

Priscila

Priscila

noticias 1,271 RANK 7
LEITURAS 5M RANK 7
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook