noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

Após demissão no Botafogo, Emiliano Díaz afirma: "são os jogadores quem mais sofrem"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 200

Pin Emiliano Díaz fala após demissão no Botafogo. EFE/Mario Ruiz
Emiliano Díaz fala após demissão no Botafogo. EFE/Mario Ruiz

Após demissão no Botafogo, Emiliano Díaz afirma: "são os jogadores quem mais sofrem"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 200

Filho e auxiliar de Ramon Díaz, ele lamentou a decisão da diretoria e garantiu que seu pai ainda vai dirigir um clube no Brasil.

Nesta sexta-feira (27), o Botafogo anunciou oficialmente a saída do técnico Ramon Díaz e sua comissão técnica. A notícia pegou todos de surpresa. Filho e auxiliar do argentino, Emiliano Díaz, foi quem dirigiu o Alvinegro enquanto seu pai se recupera de uma cirurgia, e garantiu que foi pego de surpresa. 

"O diretor se comunicou comigo ontem falando que não ia continuar com o projeto porque não podia esperar mais pelo meu pai. Nós fomos transparentes desde o início, dissemos que provavelmente demoraria um mês a recuperação. Já estava tudo certo, no dia 7 ele já estava autorizado a viajar para cá". 

Com três derrotas em três jogos, Emiliano não quis apontar os problemas do Botafogo mas fez questão de elogiar o elenco com quem trabalhou neste curto período. 

"O problema não sou eu quem pode dizer, o clube está numa situação difícil, mas as pessoas precisam saber que os jogadores dão a vida para dar a volta por cima. São os jogadores que mais sofrem. Eu via no dia a dia a frsutração deles, as dores de ter uma camisa tão pesada quanto a do Botafogo nessa situação. Creio que mais do que ver o problema, que eles apoiem esse grupo de jogadores que está dando a vida, que se unam a esses jogadores". 

Chateado por deixar o clube nessas condições, Emiliano ressaltou o sonho do pai em trabalhar no Campeonato Brasileiro e disse ter certeza que isso ainda vai se concretizar. 

"Quando Ramon acertou com o Botafogo estava realizando um sonho, ele sempre dizia que essa liga o encantava. Era uma de suas metas dirigir no Brasil e eu sei que isso ainda vai acontecer. Ramon ainda tem muito a dar ao futebol e a liga brasileira". 

Por fim, Emiliano também ressaltou o lado positivo da experiencia vivida no Botafogo

"Foi uma experiencia inesquecível, ser parte de uma das ligas mais importantes do mundo. O grupo nos recebeu de uma froma incrível, eles acreditavam no nosso trabalho, estava contente". 

Com a saída de Ramón Díaz, o Botafogo anunciou a chegada de Eduardo Barroca, o treinador já comanda o primeiro treino neste sábado (28). O novo comandante tem missão complicada, o Alvinegro soma apenas 20 pontos no Campeonato Brasileiro e está na 19ª posição na tabela. 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 61K RANK 1
LEITURAS 163M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook