noscript image

Atlético de Madrid, Barcelona e mais: os ciclos que chegaram ao fim

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,762

Pin Atlético de Madrid, Barcelona e mais: os ciclos que chegaram ao fim
Atlético de Madrid, Barcelona e mais: os ciclos que chegaram ao fim

Atlético de Madrid, Barcelona e mais: os ciclos que chegaram ao fim

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,762

Relembre algumas equipes que marcaram o futebol europeu nos anos mais recentes, cujos elencos de protagonistas deixaram de existir

Antoine Griezmann anunciou, na última terça-feira (14), que não seguirá no Atlético de Madrid, colocando fim a uma relação forte de cinco temporadas. Será mais uma saída em uma equipe que, nesta temporada, vê acabar a base de seu último feito mais épico: a conquista da Liga Espanhola em 2013-14.

Griezmann ainda não havia chegado ao Atleti, mas atuou ao lado de boa parte dos jogadores que levaram os Colchoneros ao lugar mais alto da Espanha. Apenas nesta temporada já saíram o zagueiro Diego Godín, o lateral Juanfran e Filipe Luís – todos campeões em 2014 – também está próximo de deixar a equipe treinada por Diego Simeone.

Não é exclusividade do Atlético de Madrid. Ao longo dos últimos anos muitos grandes times que deixaram as suas marcas no futebol europeu foram encontrando o seu fim, como é o caso do Bayern de Munique, que na próxima temporada não estarão em campo pela equipe alemã. Confira quais equipes já foram praticamente desfeitas.

Manchester United 2012-13

Praticamente todos os jogadores que faziam a base do United que conquistaram, pela última vez, o título da Premier League já saíram ou deixaram Old Trafford. O último deles foi Antonio Valencia, que chegou em 2009 para ocupar a vaga deixada por Cristiano Ronaldo, e não teve o seu contrato renovado. Dentre os principais nomes, o único que segue na equipe é o goleiro David De Gea.

Bayern 2012-13

Capitão no título de Champions League conquistado pelo Bayern em 2013, Lahm se aposentou em 2017. Em 2015 Schweinsteiger,  outro dos líderes daquela equipe, já havia deixado a Bavária para ter uma rápida passagem pelo Manchester United.

Os últimos símbolos a darem as despedidas foram os pontas Arjen Robben e Franck Ribéry, que não seguirão no clube. O holandês ainda avalia a possibilidade de se aposentar, enquanto o francês quer jogar por mais algumas temporadas antes de pendurar as chuteiras. Em 2012-13, o Bayern de Munique conquistou absolutamente tudo o que estava em disputa.

Atlético de Madrid 2013-14

A equipe treinada por Diego Simeone chocou o mundo ao conseguir, após 11 temporadas, acabar com o duopólio de títulos espanhóis de Real Madrid e Barcelona. Juanfran, Godín e Gabi foram os últimos a se despedirem. Vale lembrar que naquela mesma temporada o Atlético de Madrid esteve a segundos de conquistar o título da Champions League, mas acabou perdendo para o Real.

Juventus 2014-15

A temporada 2013-14 marcou um antes e um depois na dominância atual da Juventus na Itália. Naquela campanha, a última de Andrea Pirlo pela Velha Senhora conseguiu, pela primeira vez desde a década de 1930, um tricampeonato consecutivo na Serie A.

Foi também quando a Juve chegou à decisão da Champions League, quando foi derrotada pelo Barcelona. Daquele time já saíram lendas como o goleiro Gianluigi Buffon e o já citado Pirlo. O zagueiro Barzagli anunciou recentemente a sua aposentadoria. Ou seja: os protagonistas que sobraram foi a dupla de zaga composta por Chiellini e Bonucci.

Barcelona 2014-15

Desde a temporada 2014-15, quando conquistou Champions League, Liga Espanhola e Copa do Rei, o Barcelona busca desesperadamente um título europeu. E sem nenhum sucesso.

A equipe que pela última vez levou os catalães para o topo do continente ainda tinha Xavi, Iniesta (que saiu para o futebol japonês na temporada passada). Também saíram Mascherano, Dani Alves e Neymar – que foi para o PSG em 2017 por 222 milhões de euros.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 28K RANK 1
LEITURAS 93M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook