noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Bale volta a ser titular, mas é ofuscado por brasileiro e "Zidane" dinamarquês

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 8,313

Pin Tottenham iniciou jogo da Europa League entre os onze titulares. AFP
Tottenham iniciou jogo da Europa League entre os onze titulares. AFP

Bale volta a ser titular, mas é ofuscado por brasileiro e "Zidane" dinamarquês

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 8,313

Primeiro jogo dos Spurs na Liga Europa acabou com vitória dos ingleses, mas com fraca exibição de Bale, que admitiu estar abaixo do ritmo.

O Tottenham Hotspur conseguiu uma importante vitória na arrancada da Europa League. O time inglês, jogando em seus domínios, venceu o LASK Linz, da Áustria, por 3 a 0, no jogo que marcou o retorno de Gareth Bale à titularidade nos Spurs. Mesmo com esse atrativo a mais, quem brilhou foram outros dois jogadores que também acabaram de chegar ao clube: o brasileiro Carlos Vinícius e o dinamarquês Pierre Hojbjerg.

O time de José Mourinho chegou para esta partida com um certo incômodo, pois na última rodada da Premier League, contra o West Ham, os Spurs abriram 3 a 0 de vantagem e viram o aguerrido time londrino se recuperar e conseguir o empate em 3 a 3 nos minutos finais.

Para o duelo o contra o LASK, Mourinho sabia que também seria uma oportunidade para dar mais tempo de jogo a Gareth Bale. Para motivá-lo, Mourinho deixou o galês sair jogando entre os 11 titulares. A atuação do jogador emprestado pelo Real Madrid não contou com nada brilhante, embora tenha sido dele o passe que forçou o gol contra Andrés Andrade na primeira etapa.

Aos 17 minutos do segundo tempo, Bale deixou o campo para a entrada de Son. Já depois da vitória, o novo camisa 9 do Tottenham admitiu não estar ainda em sua melhor forma.

"Eu estou um pouco duro. É como uma mini pré-temporada para mim e eu estou tentando ganhar minutos. Espero que não demore muito para eu voltar à velocidade normal e estar desfrutando no gramado de volta a esse grande clube", declarou Bale.

Se para Bale o dia não foi tão produtivo, não se pode dizer o mesmo a respeito dos recém-chegados Carlos Vinícius e Hojbjerg. O brasileiro deu duas assistências no jogo, enquanto o dinamarquês, que a cada dia se mostra mais importante para Mourinho, protagonizou um lance que causou risadas no intervalo.

"Estávamos rindo no intervalo e estávamos chamando-o de Zidane. Muito legal, mas não faça isso de novo Pierre", brincou Mourinho na coletiva de imprensa, a respeito de um lance na entrada da sua área em que Hojbjerg deu dois giros sobre a bola, o mesmo drible que muitos associam a Zinedine Zidane.

Sobre o brasileiro, Mourinho falou que Carlos Vinícius ainda pode melhorar muito apesar das duas assistências, além de ressaltar a dificuldade inicial de adaptação à Inglaterra. Porém finalizou com algo que o brasileiro deve ter gostado de ouvir: ele pode jogar ao lado de Harry Kane.

"Ele jogou bem, mas pode melhorar. É difícil não falar inglês, então a adaptação ao grupo acaba não sendo algo fácil. É um futebol diferente, uma forma diferente de jogar, a forma como queremos pressionar. Requer aprendizado, mas nessas circunstâncias, primeira partida, ele foi bem. Só faltou o gol, mas ele me mostrou que é mais que isso e que pode jogar com o Harry Kane também", declarou Mourinho.

O próximo compromisso do Tottenham é contra o Burnley, no Turf Moor, pela Premier League. O jogo acontece na próxima segunda-feira (26), às 17h (de Brasília).

BeSoccer

BeSoccer

noticias 59K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook