noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Bernabéu aplaude Odegaard apesar da eliminação

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,983

Pin Martin Odegaard deixou o campo do Bernabéu aplaudido aos 63 minutos. EFE/Rodrigo Jiménez
Martin Odegaard deixou o campo do Bernabéu aplaudido aos 63 minutos. EFE/Rodrigo Jiménez

Bernabéu aplaude Odegaard apesar da eliminação

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,983

O jogador emprestado pelo Real Madrid à Real Sociedad reencontrou o Santiago Bernabéu, foi um dos protagonistas na vitória contra os donos da casa e, mesmo assim, recebeu carinho das arquibancadas.

O norueguês Martin Odegaard foi um destaques da noite por pertencer ao Real Madrid, mas está emprestado à Royal Society nesta e na próxima temporada, e não deixou de ativar a 'lei do ex'. Foi ele quem abriu o placar aos 22 minutos.

O meia deixou o campo aplaudido aos 63 minutos, sofrendo desconforto que vinha desde os últimos minutos do primeiro tempo. O motivo foi uma entrada na altura do joelho direito vinda do brasileiro Marcelo.

Odegaard mostrou na sua ex e futura casa o porquê de ser considerado um dos melhores jogadores desta temporada. Além de sua objetividade, aproveitando o erro de Areola, o meio-campista abriu caminhos para sua equipe no ataque.

O norueguês jogou com liberdade no 4-3-3 do técnico Imanol e deu uma assistência Alexander Isak, que marcou duas vezes em apenas dois minutos, mas teve mais três chances claras de ver o gol.

O atacante está aproveitando a oportunidade após especulações com a saída do brasileiro Willian José no mercado de inverno, que finalmente não ocorreu, mas o fez perder o emprego como titular e marcou sete gols nos últimos cinco jogos.

Uma partida com a 'ex-lei', que já causou tantos danos ao Real Madrid. O exemplo mais recente é o de Álvaro Morata, quando, transferido para a Juventus em Turim, marcou o gol definitivo em Santiago Bernabéu para dar a vaga para a final da Liga dos Campeões, disputada em Berlim, para a equipe italiana.

Além disso, o time branco encerrou nesta temporada a famosa 'cláusula de medo', pela qual os jogadores emprestados pelo Real Madrid não podiam jogar contra o time a que pertenciam. Odegaard aproveitou e assumiu o comando nesta quinta-feira para apresentar motivos para aqueles que queriam manter a cláusula.

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 42K RANK 1
LEITURAS 130M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook