noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Brasil comemora o 50º aniversário da Copa de 1970

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 214

Pin CBF comemora 50º aniversário da Copa de 70. EFE/Ian Langsdon
CBF comemora 50º aniversário da Copa de 70. EFE/Ian Langsdon

Brasil comemora o 50º aniversário da Copa de 1970

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 214

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) iniciou na quinta-feira as comemorações do 50º aniversário da Copa do Mundo de 1970 no México com uma nova estátua de Edson Arantes do Nascimento, Pelé, para muitos o melhor jogador da história.

A estrela brasileira, com problemas de mobilidade, não esteve presente no evento realizado no Museu da Seleção Brasileira, no Rio de Janeiro, com a participação de nove dos companheiros de equipe que conquistaram a terceira estrela da Canarinha.

No entanto, a Federação teve a deferência com o ex-atacante mítico de enviar a estátua para sua casa, em Santos, para apreciá-la em primeira mão antes de sua posse formal.

"Caramba! É perfeito!", Disse ele em declarações à CBF quando viu sua escultura de cera, na qual apareceu com o uniforme de 1970, os braços no jarro e um sorriso enorme.

O tricampeão mundial, fundamental na vitória do México, disse que a estátua é "um grande presente de Deus" porque consegue deixar "mensagens" e "boas lembranças" para as próximas gerações.

"Agradeço a todos, do fundo do meu coração, agradeço a Deus por estar saudável neste tributo, neste momento", disse Pelé em sua casa em Santos ao ver a estátua, em tamanho real, e feita por 25 artesãos que levaram quase um ano para termine

Na semana passada, Pelé, 79 anos, disse que está "bem" depois que seu filho Edinho manifestou preocupação com uma "certa" depressão da estrela brasileira devido a problemas de mobilidade.

No ato desta quinta-feira, algumas lendas brasileiras da época estavam presentes, como o ex-zagueiro Hercules Brito Ruas ou o ex-atacante Jairzinho, autor de sete gols no México'70.

A Federação Brasileira concedeu novas medalhas aos campeões e deu a eles a surpresa de usar a Copa Jules Rimet para que eles pudessem reviver novamente a emoção da final conquistada na Itália.

Jairzinho, visivelmente emocionado, ficou encarregado de levantar o troféu no Museu Nacional do Brasil.

"É sempre uma excelente recordação, de grande alegria e satisfação, ter ajudado o Brasil a ser campeão mundial", disse o ex-atacante do portal 'GloboEsporte'.

Também estiveram presentes no evento o atual treinador da Seleção Brasileira, Adenor Leonardo Bacchi 'Tite' e o presidente da CBF, Rogério Caboclo, entre outros executivos da federação.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 44K RANK 1
LEITURAS 134M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook