noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Cada vez mais líder, a Juve ganha com dois gols de CR7 e um de De Ligt

Pin CR7 marca dois gols de pênalti. AFP
CR7 marca dois gols de pênalti. AFP

Cada vez mais líder, a Juve ganha com dois gols de CR7 e um de De Ligt

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccer_es - 0 6,540

Pela 22ª rodada do Campeonato Italiano, a Juve recebeu a Fiorentina em casa e venceu com dois gols de Cristiano Ronaldo e um gol de De Ligt. A Fiorentina ficou a ver navios.

A Juventus, vindo de uma derrota para o Napoli, começou o jogo com algumas surpresas como Dybala no banco e Douglas Costa na titularidade.

Do lado visitante, a Fiorentina veio sem a presença do craque francês Ribéry, desfalcado por conta de lesão.

O jogo começou com uma Juventus com fome de gol, buscando espaço em uma Fiorentina fechada e buscando oportunidades em contra-ataques com Chiesa e Cutrone.

Precisamente essa dupla deu bastante trabalho para o goleiro Szczesny, que brilhou durante todo o jogo e salvou o gol da Juve, permitindo que a equipe terminasse a partida sem sofrer gols.

Após 20 minutos com a equipe de Sarri tentando chegar com cruzamentos de Cuadrado, a Fiorentina começou a reagir e, do outro lado, Bentancur respondia com chutes potentes que paravam no muro chamado Dragowski. Um belo duelo de goleiros.

Um duelo também acontecia na parte defensiva, com De Ligt e Bonucci salvando chegadas perigosas da Fiore e Pezzella, Ceccherini e Igor Julio defendendo o potente ataque da Juve.

Aos 36 minutos, Pjanic chuta forte da intermediária, a bola toca o braço de Pezzella e o juiz marca pênalti para a Juventus após consultar o VAR.

Cristiano Ronaldo vai para a bola, marca o gol e chega em um número brutal. Ele chega a sua nona partida consecutiva da Serie A marcando gols.

No segundo tempo, CR7 começou a se soltar mais no jogo e apareceu após fazer uma apagada primeira metade.

Fiorentina passou também a ser mais agressiva, chegando a contar com três atacantes após a entrada de Vlahovic no lugar de Ghezzal.

E a mudança provocou certo perigo após Vlahovic rolar uma bola impecável para Benassi na intermediária, que chutou tão bem a ponto de Sczcesny ficar parado rezando para a bola não entrar. A bola passou raspando na trave do gol da Juventus.

Aos 76 minutos, Betancur invadiu a área em jogada individual, Ceccherini colocou o corpo na frente e o jogador da Juve caiu. O árbitro marca o segundo pênalti para a Juventus.

Para a bola novamente foi CR7 que, como resultado de sua fome de gol, alcançou a marca de 50 gols com a camisa da Juventus. Um dia histórico para CR7.

Com dois gols a zero, o time visitante sentiu o baque e não esboçou reação. Exemplo disso foi o terceiro gol da Juventus, que saiu de uma cobrança de escanteio.

De Ligt, que estava fazendo uma partida impecável, apareceu sozinho na pequena área e cabeceou firme e forte direto para o gol.

Uma partida que, se não fosse por Szczesny e pela atuação da zaga, teria dado ao time visitante pelo menos um gol. 

Com os dois gols feitos na partida, CR7 igualou a marca que Trezeguet alcançou em 2005, que tinha sido o único jogador da Juve a marcar em nove rodadas consecutivas. Quem conseguirá parar essa máquina de fazer gols?

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 139 RANK 13
LEITURAS 512K RANK 13
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook