noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Caio Henrique e mais: Grêmio atende Renato para subir de nível em 2020

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 162

Pin Caio Henrique e mais: Grêmio atende Renato para subir de nível em 2020. Goal
Caio Henrique e mais: Grêmio atende Renato para subir de nível em 2020. Goal

Caio Henrique e mais: Grêmio atende Renato para subir de nível em 2020

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 162

Para não perder terreno entre as potências do Brasil, Tricolor Gaúcho já confirmou contratações para as suas posições mais frágeis e melhora elenco

Em novembro de 2019, após derrota dentro de casa por 1 a 0 para o Flamengo no Brasileirão, já depois de ter sido massacrado por 5 a 0 pelo Rubro-Negro na semifinal da Libertadores, o técnico Renato Gaúcho fez um ultimato à direção gremista: condicionou a sua renovação para 2020 a reforços para a equipe, ainda que respeitando a realidade financeira longe da bonança do próprio Fla e do Palmeiras.

“A gente não vai abrir o cinto demais, como Flamengo, Palmeiras. O que posso garantir é que, se eu ficar, o cinto não vai se fechar. Se o cinto fechar, pode contratar outro treinador (...) Não vou ficar brigando para ficar sempre lá atrás nas competições. Nasci para vencer e sempre vou fazer meu grupo vencedor. Mas para isso preciso ter minhas peças também”, disse.

Recado dado, a temporada 2020 começa com a diretoria do Tricolor Gaúcho entregando a Renato Portaluppi o seu pedido. O Grêmio vem se destacando por fazer algumas das melhores contratações para a nova campanha, atletas que chegam com status de titular para reforçarem o elenco como um todo, na esperança de reviver os momentos vitoriosos de 2016 e 2017.

Quem chegou

Nomes importantes dos últimos anos, como Luan (vendido para o Corinthians) e Leo Moura (fim de contrato), não seguem no clube, ainda que tenham visto a importância que desempenhavam anos atrás diminuir recentemente. Quem chegou, porém, promete dar novos ares ao time gaúcho.

Victor Ferraz (lateral-direito): o jogador, um dos melhores de sua posição no último ano pelo Santos, foi envolvido em troca com Madson.

Orejuela (lateral-direito): um dos únicos pontos positivos do Cruzeiro em 2019, o colombiano chega por empréstimo.

Vanderlei (goleiro): eleito melhor arqueiro no Brasileirão de 2017, perdeu espaço no Santos por escolha do então técnico do clube, Jorge Sampaoli; o Grêmio pagou R$ 3 milhões por seus serviços.

Lucas Silva (volante): bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2013 e 2014, jogador com passagem pelo Real Madrid e que estava sem clube até acertar contrato com a equipe gaúcha.

Caio Henrique (lateral-esquerdo): jogador que pertence ao Atlético de Madrid e estava emprestado ao Fluminense, onde foi um dos maiores destaques de sua posição na última Série A, agora foi cedido ao Tricolor Gaúcho.

Grêmio 2020: como pode ficar o time?

Todas as contratações citadas acima chegam com status de titular, exceção feita a Lucas Silva, que vai precisar se provar para tomar a vaga de Maicon no meio-campo – embora desde já apareça como boa opção, uma vez que o titular já tem 34 anos.

As posições de goleiro e as laterais, considerados pontos mais frágeis do time em 2019, ganharam excelentes reforços para dar corpo ao restante da estrutura do time.

Como fica o Grêmio de 2020. Goal

Na disputa de posições: ao longo de sua carreira, Vanderlei mostrou ser um goleiro mais seguro do que Paulo Victor, muito criticado pelas exibições em 2019. Na lateral-direita, o criticado Rafael Galhardo também deixou o clube e a disputa entre Orejuela e Victor Ferraz promete ser de alto nível; Caio Henrique chega para tomar o flanco esquerdo de defesa, levando Bruno Cortez (outro criticado) a ser opção no banco.

Aos reforços sob as traves, nas laterais e meio, importante destacar que o Grêmio já conta com uma das melhores duplas de zaga do Brasil em Kannemann e Geromel. Além disso, vem revelando jogadores interessantes, como Pepê e Ferreira. Atacante contratado em 2019, Luciano terá um 2020 para firmar sua posição e André seguirá em busca de provar o seu valor. Hoje, a posição mais carente para Renato Portaluppi acaba sendo a de atacante.

Contratações certeiras dentro das maiores carências, manutenção do que tem de mais forte e projeção de revelar outros bons jogadores. Ainda que mantenha os pés no chão, levando em conta os clubes que iniciam a temporada pensando nos grandes títulos, o Grêmio dá mostras de estar se movimentando para diminuir a distância em relação ao Flamengo.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 42K RANK 1
LEITURAS 130M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook