noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Champions dura só 90min para Benfica de Jesus, Everton e Pedrinho

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 2 3,656

Pin Champions dura 90min para Benfica de Jesus
Champions dura 90min para Benfica de Jesus

Champions dura só 90min para Benfica de Jesus, Everton e Pedrinho

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 2 3,656

O clube português caiu para o PAOK na pré-Liga dos Campeões e está fora da competição até 2021-22

E o projeto do Benfica milionário de Jorge Jesus, Pedrinho, Everton e cia na Liga dos Campeões não durou mais de 90 minutos: em sua primeira partida na competição, o clube viajou à Grécia, na fase qualificatória do torneio, perdeu para o PAOK por 2 a 1 e está eliminado da competição.

Após anos sem fazer boas campanhas na Champions, a esperança do presidente do clube Luís Filipe Vieira - em ano eleitoral, sempre é bom deixar claro - era que, com Jorge Jesus como treinador e um elenco mais estrelado que o usual, o clube pudesse chegar mais longe no torneio e fazer uma campanha digna da história do clube português.

Não aconteceu: o Benfica fez a festa no Brasil, levando Everton Cebolinha, Pedrinho, Gilberto e especulando nomes como Bruno Henrique e Gerson, fez barulho no mercado internacional trazendo Jan Vertonghen e buscando a contratação de Edinson Cavani, gastou mais 80 milhões de euros... e morreu na praia em sua primeira partida.

Pedrinho e Everton até jogaram bem, mas não tiveram ajuda dos companheiros. Agora, terão que se contentar com a participação na Liga Europa e em tentar bater o Porto e o Sporting na briga pelo título do Campeonato Português. Pouco para um time que investiu tanto e prometia se recolocar no maior patamar do futebol europeu.

Se os brasileiros do clube não tiveram tanta culpa assim na eliminação, Jorge Jesus, ainda que indiretamente, acabou sendo responsável por um dos gols do PAOK na partida: ao chegar em Portugal, Jesus, em meio à sua reformulação, comunicou à diretoria que não pretendia contar com o atacante Andrija Zivkovic em seu elenco.

O destino do sérvio acabou sendo justamente o PAOK... e se alguém acha que a "Lei do Ex" só funciona no Brasil, estará errado: saindo do banco de reservas, Zivkovic marcou o segundo gol - e decisivo - do time grego na partida, quebrou uma seca de dois anos sem balançar as redes e mandou o Benfica de volta para Portugal chupando dedo.

É claro: o projeto de Jorge Jesus não está encerrado e, com mais tempo de trabalho, é muito provável que os Encarnados consigam encaixar e ter um desempenho melhor ao decorrer da temporada. Na Champions, porém, só em 2021-22.

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 57K RANK 1
LEITURAS 156M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook