noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Charlie Austin, infectado, narra o terror de contrair o coronavírus

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 453

Pin Charlie Austin, infectado, narra o terror de contrair o coronavírus. AFP
Charlie Austin, infectado, narra o terror de contrair o coronavírus. AFP

Charlie Austin, infectado, narra o terror de contrair o coronavírus

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 453

O jogador de West Bromwich Albion falou no 'The Telegraph' sobre como é ter a doença e onde ele acha que a pegou.

Demorou mais tempo do que em outros países, mas o coronavírus também atacou o futebol inglês. O atacante do West Bromwich Albion, Charlie Austin, confessou ter um resultado positivo e alertou aqueles que não levam a sério a doença.

"Parecia que alguém jogou um balde de água em mim. Fiquei realmente ensopado", disse o jogador, que havia dito à sua família que se alguém pegasse o vírus, era melhor ele estar em boas condições.

"Eu me sentia em forma e saudável e pensei que poderia superar isso. Uma semana depois, digo a todos, mesmo entre os 20 ou 30 anos. 'Não leve isso como se fosse brincadeira, é muito sério'", continuou o atacante.

Austin acha que ficou doente com o coronavírus no Cheltenham Festival, de corrida de cavalos, no qual participaram mais de 250.000 pessoas.

"Não é que eu não tenha levado a sério, mas, mesmo assim, é algo muito grave e deve ser tratado como tal", disse ele em relação à pouca importância que deu no início.

Depois de participar do festival, Austin conversou com o médico dos 'baggies' sobre os sintomas. Ele teve 39,7 graus de febre nas noites de domingo e segunda-feira.

O jogador se recuperou mais ou menos do vírus, mas continua pagando pelos esforços de uma luta que não esperava.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 48K RANK 1
LEITURAS 138M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook