noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Descendentes de imigrantes dominam seleção francesa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,965

Pin Grande parte dos novos campeões do mundo possuem descendência estrangeira. Goal
Grande parte dos novos campeões do mundo possuem descendência estrangeira. Goal

Descendentes de imigrantes dominam seleção francesa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,965

17 dos 23 jogadores que conquistaram o bicampeonato mundial são filhos de imigrantes.

Assim como em 1998, a seleção francesa volta a ser campeã mundial 20 anos depois com a maioria de jogadores descendentes de imigrantes. O bicampeonato foi conquistado no último domingo (15), no Estádio Luzhniki, em Moscou, com uma vitória por 4 a 2 sobre a Croácia na decisão.

Entre os 23 jogadores, há imigrantes e filhos de imigrantes de uma série de nações diferentes.  Do grupo de jogadores, dois nasceram fora da França: o goleiro Steve Mandanda, da República Democrática do Congo, e o zagueiro Samuel Umtiti, dm Camarões. Já o meia Thomas Lemar é nascido em Guadalupe, que compõe o grupo de países da França ultramarina.

A grande maioria dos jogadores, aliás, tem descendência de países africanos. Mais precisamente, apenas Hugo Lloris, de origem espanhola, Pavard, Lucas Hernández, Griezmann, Giroud, Thauvin e Alphonse Areóla, de origem filipina, são as exceções.

 

“O time da França tem sempre jogadores da África e de seus ex-territórios, em todos esportes. Eles optaram por ser franceses, mas é claro que têm origens, amigos e familiares em diferentes países. É claro que têm alguma ligação com países africanos. Eles têm noção total de que estarão em uma final de Copa do Mundo”, afirmou o técnico Didier Deschamps na véspera da decisão.

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 40K RANK 1
LEITURAS 125M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook