noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Fla x Flu no SBT vai impactar no VAR; entenda

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 321

Pin Número de câmeras disponíveis no segundo jogo será maior. EFE/Antonio Lacerda
Número de câmeras disponíveis no segundo jogo será maior. EFE/Antonio Lacerda

Fla x Flu no SBT vai impactar no VAR; entenda

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 321

O número de câmeras disponíveis no segundo jogo será maior do que no primeiro.

A transmissão do segundo jogo da final do Campeonato Carioca a ser feita  por parte do SBT vai causar uma mudança no VAR em relação ao jogo de ida. Para o jogo de quarta-feira vão estar disponíveis para checagem 13 câmeras, enquanto no domingo foram dez. 

A diferença no número de câmeras à disposição do árbitro de vídeo é mais um dos reflexos da Medida Provisória 984, sobre os direitos de transmissão das partidas de futebol. Agora, com o mandante podendo negociar por contra própria os direitos de arena, existe uma brecha para que haja uma variação grande no número de câmeras e outras distinções técnicas acerca do VAR.

Pelo protocolo do árbitro de vídeo, todas as imagens do jogo devem ficar disponíveis para checagem. No primeiro jogo, que passou no canal oficial do Tricolor, a FluTV, eram dez câmeras transmitindo, enquanto no próxima, serão 13 câmeras, assim, o VAR terá mais possibilidades para analisar os lances. A variação é permitida desde que não seja inferior ao número mínimo estipulado pela Fifa, de oito câmeras, com variações para quatro em países mais pobres.

Além disso, com a MP, a responsabilidade do fornecimento de imagens ao árbitro de vídeo passa a ser do mandante e não mais da emissora responsável, e passa. No primeiro jogo, quem forneceu foi o Fluminense e no segundo, mesmo com transmissão do SBT, a responsabilidade é do Flamengo.

A diferenciação dos fornecedores de imagem já aconteceu no Campeonato Carioca, quando todas as equipes tinha contrato com a Rede Globo, com exceção do Flamengo. Assim, as partidas do Rubro-Negro não eram televisionadas e era necessário que se contratasse uma empresa para a captação de imagens. 

Mesmo com as distinções, o diretor de competições da Ferj, Marcelo Vianna, a eficácia não será comprometida: "Independentemente de quem faz a transmissão, o VAR opera normalmente. Continua em alta qualidade".

A partida de volta da final do Campeonato Carioca será nesta quarta-feira (15), às 21h, no Estádio do Maracanã. O Flamengo chega com a vantagem do empate, depois de vencer o primeiro jogo por 2 a 1.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 52K RANK 1
LEITURAS 146M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook