noscript image

Coutinho, o mais novo “erro” da Inter volta ao San Siro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 8,646

Coutinho, o mais novo “erro” da Inter volta ao San Siro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 8,646

O brasileiro reencontra o seu primeiro time da Europa consolidado como craque decisivo e um dos mais valiosos do mundo

O jogo entre Internazionale e Barcelona, nesta terça-feira (06), marca o primeiro retorno de Philippe Coutinho ao estádio Giuseppe Meazza, o San Siro, desde que deixou a equipe italiana, sua porta de entrada no futebol europeu em 2010. Titular na vitória por 2 a 0 obtida dentro do Camp Nou semanas atrás, o brasileiro é o maior exemplo de uma aparente maldição envolvendo decisões equivocadas dos Nerazzurri em relação a vendas de seus ativos.

Nas últimas décadas, a Inter apareceu como destaque negativo em desperdiçar grandes craques. Jogadores como Fabio Cannavaro, Roberto Carlos, Clarence Seedorf, Dennis Bergkamp e Andrea Pirlo são alguns dos principais nomes que passaram pelo lado preto e azul de Milão sem sucesso e foram facilmente negociados para encontrarem o estrelado com outra camisa. Nenhum deles, entretanto, chega perto de Coutinho em relação aos valores envolvidos – um retrato dos números estratosféricos do mercado atual.

Philippe Coutinho nem havia estreado oficialmente pelo Vasco da Gama e já pertencia à Internazionale. O clube italiano gastou € 3,8 milhões (cerca de R$ 10 milhões à época) para contar com o meia, que tinha seu valor de mercado avaliado em € 4,50 milhões ao chegar no estádio Giuseppe Meazza. Vestindo a camisa Nerazzurri, foram apenas cinco gols em 50 partidas. Para efeito de comparação, em menos jogos ele balançou as redes igualmente por Vasco (43 duelos) e no período emprestado (16 compromissos) pelo Espanyol.

Torcedor da Inter quando criança, Pirlo não teve sucesso no clube

Quando foi contratado pelo Liverpool, em 2013, Coutinho aumentou o seu valor em € 85.5 milhões na comparação à primeira temporada na Itália. O brasileiro recebeu a camisa 10 dos Reds e foi a referência técnica em Anfield até o Barcelona pagar € 160 mi e torná-lo a maior transferência em todos os tempos no Camp Nou, onde já se transformou em um dos maiores destaques no time treinado por Ernesto Valverde.

Hoje, o Transfermarkt aponta € 150 milhões de valor de mercado. Uma diferença de € 145.5 milhões em relação à sua chegada à Internazionale. Na última segunda-feira (05), o camisa 7 do Barça foi avaliado como o quinto futebolista mais valioso do mundo segundo estudo do CIES Football Observatory. Não importa o quão decisivo Coutinho possa vir ou não a ser no duelo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Champions League, nesta terça-feira (06), o brasileiro já é motivo de arrependimento para a Inter de Milão.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 22K RANK 1
LEITURAS 76M RANK 1
Mais notícias do autor
Cookies use: We use our own and third party "cookies" to improve our services, develop statistical analysis, analyse browsing habits and create interest groups. This allows us to customise the content we offer and show related advertising to your preferences. We also share this browsing analysis and interest groups with third parties. To continue browsing, please accept its use. Mais info e configurações. Aceitar

Follow BeSoccer on Facebook