noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

John realiza sonho no Santos e espera nova chance

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 392

Pin Cria antiga da base do Santos, John realiza sonho à espera de nova oportunidade. DUGOUT
Cria antiga da base do Santos, John realiza sonho à espera de nova oportunidade. DUGOUT

John realiza sonho no Santos e espera nova chance

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 392

Goleiro teve primeiras chances em jogos oficiais no Peixe e agora se firma como opção segura para João Paulo.

O que Alison, que estreou no profissional do Santos em 2011, e Lucas Braga, que debutou em 2020, têm em comum? Além de formarem parte do elenco do Peixe nesta temporada, os dois foram companheiros do goleiro John, na base, uma mostra de como o arqueiro é parceiro de quase uma década de Meninos da Vila.

Última das revelações a estrear oficialmente pelo Peixe, participando dos jogos contra Athletico e Internacional, John contou à Goal como foi fazer suas primeiras apresentações no clube da Vila Belmiro, notadamente conhecido por lançar garotos.

"É a realização de um sonho. Eu trabalhei muito pra quando chegasse esse momento e sabia que ia chegar a minha oportunidade. Fico contente em ter feito bons jogos, ajudando o Santos dentro de campo", comentou o arqueiro, que, como se vê, não teve essa facilidade na busca por um espaço.

John viu vários nomes se alternarem no gol santista desde que chegou na base do clube. De Rafael, campeão da Copa Libertadores, até o parceiro de formação João Paulo, ocupante mais recente. Treinou com Vanderlei, Vladimir, Éverson e viu a torcida reclamar de falta de segurança no setor.

Enquanto isso, inúmeros companheiros seus da época da base atuavam na linha. A proporção de dez posições para apenas uma normalmente é cruel com o goleiro, mas John assegura estar preparado para a demora.

Para se ter uma ideia, nomes como o volante Thiago Maia, que já está no terceiro clube profissional e foi campeão olímpico pelo Brasil, estiveram com ele na época de Copa São Paulo de juniores.

"Independentemente da posição, temos que saber esperar o nosso momento e nunca deixar de acreditar. Eu sempre acreditei que chegaria o meu momento e me mantive focado nisso, mas sei também que é apenas o início do meu caminho e tenho muito a percorrer ainda. Quem ganha é o Santos com boas opções para o gol", assegurou.

"Estive com vários jogadores que passaram pelo time principal, no elenco atual tem o João [Paulo], o Alison, o Wagner Leonardo e o Lucas Braga. São grandes amigos dentro e fora de campo", enumerou o já nem tão menino de 24 anos.

De olho na partida do Santos contra a LDU, pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores, John deve assistir do banco ao retorno de João Paulo ao time titular. Caso necessário seja, porém, sabe que estará pronto para atender uma possível necessidade do técnico Cuca.

"Claro que uma boa atuação traz moral, mas a confiança é fruto do trabalho, da repetição no dia a dia e não pode mudar por uma atuação positiva ou negativa, sabemos das nossas qualidades. As experiências dentro de campo são diferentes, é um jogo mais intenso, mas acho que pude dar uma boa resposta dentro de campo", concluiu.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 61K RANK 1
LEITURAS 164M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook