noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Cristiano Ronaldo, o homem dos 702 gols (por enquanto)

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 3 5,084

Pin Cristiano Ronaldo, o homem dos 702 gols. AFP
Cristiano Ronaldo, o homem dos 702 gols. AFP

Cristiano Ronaldo, o homem dos 702 gols (por enquanto)

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 3 5,084

Recebeu o prêmio Puskas em 2009 e a Chuteira de Ouro em quatro ocasiões. Já marcou cinco gols em duas partidas do Campeonato Espanhol e alcançou os 702 gols na carreira após marcar quatro contra a Lituânia. Já balançou redes adversárias pela Seleção Portuguesa 93 vezes, liderando a artilharia histórica do país e buscando o recorde entre todas as seleções, que pertence a Ali Daei, que marcou 109 gols em 149 partidas com a camisa do Egito.

Quando mais precisava de um gol para sair do empate em 1 a 1 contra a modesta seleção da Lituânia, Cristiano Ronaldo apareceu para marcar seu segundo, terceiro e quarto gols na partida das eliminatórias da Eurocopa 2020.

Com 34 anos, o português tem pela frente a quebra de mais um recorde como objetivo. O desafio é superar o maior artilheiro de seleçõesAli Daei, que atuou até os 38 anos e marcou 109 gols em 149 partidas com a camisa do Egito.

Faltam 'apenas' 16 gols. As aspas são pela dificuldade de se marcar tantas vezes sem competir a cada semana com a seleção, mas o ritmo do craque da Juventus faz essa quebra de recorde parecer apenas uma questão de tempo, mas não tanto tempo assim para quem tem uma média tão alta.

Ainda no Sporting, marcou cinco gols antes de assinar com o segundo clube de sua vida, o Manchester United. Em 2008, viveu seu primeiro grande êxito: a conquista da Champions League.

No ano do título europeu, viveu um momento individualmente especial, sendo Chuteira de Ouro com 34 gols na Premier League. Além disso, marcou oito vezes na Champions.

Ainda em 2008, recebeu a Bola de Ouro, prêmio que voltaria a ganhar pelo Real Madrid em outras quatro ocasiões. A temporada 07-08 terminou com o prêmio The Best, da FIFA.

Sua capacidade decisiva voltou a ser vista em terras portuguesas, quando no Estádio do Dragão colocou o Manchester United na semifinal da Champions League de 2009.

A ótima temporada ainda teve um de seus gols reconhecido com o prêmio Puskas e a participação na final da Champions League contra o Barcelona no estádio Olímpico de Roma.

A próxima parada seria o futebol espanhol. Pelo Real Madrid seguiu sua evolução constante para somar um total de 451 gols e receber mais reconhecimentos.

Na temporada 2010-11, ganhou a segunda Chuteira de Ouro com o clube madrilenho após marcar 40 gols pela Liga. O prêmio para o maior artilheiro em competições nacionais da Europa também ficou com o português em 2014 (31 gols) e 2015 (48).

Com a capacidade de balançar as redes dos adversários do Real Madrid, Cristiano Ronaldo recebeu a Bola de Ouro em 2013, 2014, 2016 e 2017, chegando a cinco conquistas do prêmio.

Pelo Campeonato Espanhol, viveu duas vezes a sensação de sair de campo após marcar cinco gols. Em 2014, a vítima foi o Granada e, em 2015, o Espanyol.

Com a Seleção Portuguesa, chegou ao recorde de 93 gols, seguido por Pedro Pauleta, muito atrás, com 47.

Vale lembrar seus três gols com a seleção sub-21, dois com a seleção olímpica e um com a sub-20.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 33K RANK 1
LEITURAS 111M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook