noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Cruzeiro estampa frases contra o racismo na camisa

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 86

Pin Cruzeiro estampa frases contra o racismo na camisa. EFE/Yuri Edmundo
Cruzeiro estampa frases contra o racismo na camisa. EFE/Yuri Edmundo

Cruzeiro estampa frases contra o racismo na camisa

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 86

O clube faz a campanha no Dia das Consciência Negra, a fim de produzir uma reflexão no torcedor.

O Cruzeiro joga pela Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (20), dia da Consciência Negra, com uma campanha em prol da luta anti-racista no Brasil. A intenção do clube é, com frases estampadas em sua camisa, propor uma reflexão sobre o preconceito racial enraizado no vocabulário brasileiro.

Ao entrarem em campo contra o Figueirense, os jogadores da Raposa terão em suas camisa, além de um patch do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, uma série de termos de nosso dia a dia que são racistas, todos eles riscados. 

As mensagens que o clube quer passar com isso são duas: tentar extinguir as falas preconceituosas e, com o risco dificultando a leitura, mostar o quanto os negros ainda são ocultados em nosso país. 

Entre as frases escolhidas para estarem na camisa durante o primeiro tempo do jogo estão: “serviço de preto”, “nega maluca”, "denegrir”, “criado mudo”, “lista negra”, “coisa de preto”, “da cor do pecado”, “a coisa tá preta”, ''disputar a nega", "mulata", "volta para a sezala", "a dar com o pau", "inveja branca", "humor negro", "recismo reverso", "não sou suas negas", "preto de alma branca", "cabelo duro", "bucho cheio" e "samba do crioulo doido". Todas têm significados racistas mas são muito utilizadas no dia a dia, todas as estampas nas camisas, junto com as explicações dos termos, podem ser vistas pelo Twitter do clube.

A campanha é fruto de uma parceria entre o recém inaugurado Comitê da Diversidade e Inclusão do Cruzeiro, junto com o Observatório da Discriminação Racial no Futebol, um projeto de luta social. 

A ideia é que as pessoas, ao se depararem com as expressões riscadas, reflitam e entendam o quanto o racismo está enraizado em nossa língua, sem que muitas vezes seja perceptível, como disse Sérgio Santos Rodrigues, presidente da Raposa.

"Muitas destas palavras as pessoas falam sem pensar no sentido, muitas vezes sem saber, porque estão enraizadas no nosso vocabulário, mas precisamos mudar isso. O Cruzeiro pode e deve trazer os holofotes a estas causas, que promovem uma conscientização, educação e reforcem a igualdade e o respeito”, disse o cartola.

O clube divulgou a ação por meio de uma nota oficial publicada em seu site, na qual também faz críticas à sociedade racista. "Século XXI, ano de 2020. Avanços como a inteligência artificial, carro autônomo e a possibilidade de se conectar virtualmente com qualquer pessoa em todas as partes do mundo evidenciam a evolução e a capacidade do ser humano em criar soluções e se adaptar a novos desafios. Mas todo esse desenvolvimento ainda não foi capaz de fazer com que o racismo e outros comportamentos preconceituosos fossem extirpados da humanidade", diz parte da nota.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 59K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook