noscript image

Curiosidades do Brasileirão: 10 fatos para você ficar de olho na 6ª rodada

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 223

Pin Curiosidades do Brasileirão: 10 fatos para você ficar de olho
Curiosidades do Brasileirão: 10 fatos para você ficar de olho

Curiosidades do Brasileirão: 10 fatos para você ficar de olho na 6ª rodada

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 223

Rodada tem alerta de Lei do Ex para o Palmeiras, início mais fraco do Grêmio em 21 anos, Santos faltoso e Flamengo sofrendo contra o Furacão

Toda semana a Opta traz dados e estatísticas para ficarmos de olho na rodada do Brasilerião. Vamos ver o que cada partida traz de mais interessante?

Botafogo x Palmeiras (sábado - 16h) - Lei do Ex à vista?

 

O atacante Erik é quem mais participou de jogadas que resultaram em finalizações neste Brasileirão: 13. Ele também é líder em finalizações tentadas (9) e chances criadas (4).

Depois de ser destaque no Goiás, Erik foi contratado pelo Palmeiras mas nunca chegou a brilhar no Verdão. No Botafogo ele ganha mais uma chance e irá tentar superar a forte defesa do Palmeiras, que não sofre gols há três jogos do Campeonato Brasileiro.

Grêmio x Atlético-MG (Sábado - 19h) - Começo devagar no Sul

 

O Grêmio ainda não venceu neste Brasileirão. Foram dois empates e três derrotas, marcando a primeira vez que o time gaúcho não vence nas primeiras rodadas desde 1998.

Naquele ano o Grêmio chegou a ficar na lanterna do campeonato até a 12ª rodada, mas logo se recuperou e acabou na oitava posição, ganhando uma vaga no mata-mata, onde caiu para o futuro campeão Corinthians nas quartas de final.

Santos x Internacional (Domingo - 16h) - Ataque e violência?

 

O Santos de Jorge Sampaoli é o terceiro time que mais chuta a gol e o terceiro que mais dribla, mas é também o time que mais cometeu faltas no Brasileirão: 93.

Isso dá uma média de 18,6 faltas por partida. A agressividade, porém, dá resultados: o Santos é o segundo time que mais intercepta passes no Brasileirão até aqui: 13,8 por jogo.

Flamengo x Athletico-PR (Domingo - 16h) - Freguesia recente

 

O Flamengo perdeu apenas um dos seus últimos nove jogos em casa no Brasileirão, um deles foi justamente contra o Athletico-PR em 2018.

O Athletico-PR por sua vez venceu só dois dos seus últimos 21 jogos fora de casa no Brasileirão. Uma dessas vitórias foi justamente no Maracanã contra o Flamengo.

Se o Flamengo quiser quebrar essa freguesia recente uma dica é concentrar esforços nos extremos da partida: o Athletico é o time que mais sofreu gols nos primeiros 15 minutos de jogo (2) e o que mais sofreu gols nos últimos 15 minutos (4).

Corinthians x São Paulo (Domingo - 16h) - Começos ruins e seca

 

O São Paulo é a única equipe do Brasileirão que sofreu 100% dos seus gols no primeiro tempo.

A última vez que o São Paulo ganhou como visitante do Corinthians em um Brasileirão foi em 2012, ainda antes da inauguração da Arena Corinthians.

Cruzeiro x Chapecoense (Domingo - 19h) - Duelo empatado

Cruzeiro e Chapecoense estão empatados na história do Brasileirão: quatro vitórias para cada lado e dois empates.

Fortaleza x Vasco da Gama (Domingo - 19h) - Defesa fraca contra ataque discreto

O Vasco é o time que mais chutes a gol sofre contra sua meta no Brasileirão: 17,2 por partida.

O Fortaleza, porém, é apenas o 12º em chutes com apenas 12,8 por jogo. Com 5 gols, o Fortaleza só fez mais gols que Avaí, CSA e... Vasco.

Bahia x Fluminense (Domingo - 19h) - Estilo Fernando Diniz a todo vapor

 

Duvida do "Efeito Fernando Diniz"? Então toma esses números: o Fluminense é o segundo do Brasileirão em total passes (2.610), o primeiro em aproveitamento de passes (88%), o segundo em chutes (89) e o segundo em posse de bola (56%).

Nos seus cinco jogos até aqui, o Fluminense só não teve mais posse de bola na histórica vitória de 5 a 4 sobre o Grêmio (48,2%).

Avaí x Ceará (Segunda - 20h) - Bola para decide

O Avaí marcou dois dos seus três gols em jogadas de bola parada, mas também sofreu três dos seus cinco gols em faltas ou escanteios.

Os clubes não se enfrentam em um Brasileirão desde 2011. Naquele ano cada equipe venceu um duelo, sempre com o visitante se saindo melhor.

CSA x Goiás (Segunda - 20h) - O pior ataque

O CSA chuta apenas seis bolas a gol por partida e só marcou um gol até aqui no Brasileirão. No ano passado o pior ataque foi o do Paraná Clube, que marcou 18 gols em 38 partidas.

Goiás e CSA não se enfrentam em um Campeonato Brasileiro desde março de 1974. Na ocasião o Goiás venceu por 4 a 0.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 29K RANK 1
LEITURAS 97M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook