noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

D'Alessandro, cidadão brasileiro: por que o processo demorou tanto?

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 238

Pin D'Alessandro agora é cidadão brasileiro.  EFE/Gustavo Granata
D'Alessandro agora é cidadão brasileiro. EFE/Gustavo Granata

D'Alessandro, cidadão brasileiro: por que o processo demorou tanto?

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 238

Foi publicado, Diário Oficial da União, decisão que torna o ídolo do Inter brasileiro.

E Andrés D'Alessandro, depois de tanto tempo atuando pelo Internacional, pode finalmente falar: é brasileiro. O meia, nascido na Argentina e revelado pelo River Plate, chegou a Porto Alegre em 2008 para atuar pelo Colorado e recentemente solicitou a sua cidadania brasileira, o que lhe foi concedido pela Secretaria Nacional de Justiça.

Assim, após quase 13 anos ocupando uma vaga de estrangeiro pelo Inter, o jogador passará a "não valer" para o limite de cinco estrangeiros que podem atuar no Brasil, dando espaço para que o clube contrate outro jogador nascido fora do país ou utilize mais gringos juntos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (17) e já é irreversível: à partir de agora, D'Alessandro pode se considerar um brasileiro. O ídolo já havia dado entrada no pedido em 2017 e aguardava, neste ano, apenas que a justiça terminasse de analisar a sua documentação.

O processo para que o jogador ganhasse a dupla cidadania durou mais de três anos devido à sua complexidade: ele envolve dois governos, embaixadas e muita documentação de todas as partes.

Em sua conta oficial no Twitter, D'Alessandro postou uma mensagem comemorando a decisão, dizendo que este é um dia muito especial para sua carreira e agradecendo a recepção positiva que recebeu no Brasil desde que chegou, em 2008.

Como Coudet contava, em seu elenco, com sete estrangeiros, a naturalização de D'Alessandro faz com que o clube conte com apenas seis. Vale lembrar que, dentro de uma partida, apenas cinco são permitidos ao mesmo tempo.

Trata-se de um gesto apenas simbólico: as raízes do ídolo do Internacional já estão no Brasil. Seus filhos vivem no país a mais de dez anos, falam português fluentemente e um deles, inclusive, Gonzalo, o mais novo, nasceu em Porto Alegre.

Alguns internautas, inclusive, já lamentam a demora do processo: caso tivesse saído mais cedo - bem mais cedo, por sinal... -, quem sabe D'Alessandro pudesse ter encontrado uma vaguinha na seleção brasileira.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 57K RANK 1
LEITURAS 156M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook