noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Dos males, o menor na Ucrânia

Pin Dos males, o menor na Ucrânia. Twitter @EuropaLeague
Dos males, o menor na Ucrânia. Twitter @EuropaLeague

Dos males, o menor na Ucrânia

O Benfica foi até a Ucrânia enfrentar o Shakhtar Donetsk e passou por um aperto! Os donos da casa dominaram a partida e só não golearam graças a um Odysseas iluminado. O gol marcado por Pizzi ainda dá esperanças aos encarnados na partida de volta.

O Benfica foi até Kharkiv, na Ucrânia encarar o Shakhtar. É bom lembrar que o clube ucraniano não manda os seus jogos mais na cidade de Donetsk, já que a região enfrenta conflitos militares pela Crimeia entre Rússia e Ucrânia.

Para fazer o resultado fora de casa, Bruno Lage resolveu mudar o time e promoveu as entradas de Florentino, Chiquinho e Seferovic no lugares de Weigl, Rafa e Carlos Vinícius.

Foi a bola rolar e o díminio do Shakhtar pravalecer. O dono da casa ia trocando passes e rondando a área do Benfica, mas sem ser efetivo nas oportunidades. O Benfica cercava e esperava uma oportunidade para contra-atacar.

A primeira boa chegada do Shakhtar foi convertida em gol por Marlos, mas o VAR anulou o tento por um impedimento milimétrico. Taarabt errou o passe, Alan Patrick ficou com ela e carregou a bola. O camisa '10' rolou para Júnior Moraes que bateu forte, o goleiro do Benfica deu rebote e Marlos empurrou para as redes. O VAR entrou em ação e flagrou a posição de impedimento de Marlos, gol anulado!

O grande nome do Benfica na partida foi o goleiro Odisseas Vlachodimos! O paredão encarnado começou a operar seus milagres logo aos 23 minutos, quando Kovalenko recebeu, trouxe para dentro e soltou a bomba com a perna esquerda, obrigando o arqueiro a mandar para escanteio. 

O primeiro chute a gol das águias saiu na reta final do primeiro tempo. Cervi fez boa jogada na área e tocou para Pizzi, que bateu meio desequilibrado, mas mandou para fora. 

No segundo tempo 'São Odisseas' voltou a salvar os visitantes. Júnior Moraes saiu na cara do goleiro grego e soltou a pancada a queima roupa! O camisa '99' fez uma grande defesa!

Dizem que os goleiros também precisam de sorte, e aos 50' podemos comprovar a veracidade dessa afirmação. Ismayli invadiu a área e bateu cruzado, a bola explodiu na trave de Odysseas, no rebote Kovalenko tentou completar para as redes, mas não conseguiu chegar nela.

O gol do Shakhtar era questão de tempo, saiu aos 55 minutos em uma jogada completamente brasileira! Ismaily foi lançado, fez o cruzamento para Júnior Moraes, que tocou para Marlos, o camisa '11' ajeitou para Alan Patrick chagar batendo no cantinho, sem chance para Odisseas!

Pouco tempo depois do gol ucraniano, o Benfica chegou ao empate em uma jogada para lá de confusa. Tomás Tavares invadiu a área, deu um lindo drible em Matviyenko e tocou de cavinha! A bola desviou na defesa e Cervi tocou na bola devolvendo para Tomás, que empurrou para as redes.

O VAR entrou em ação e após muita demora o árbitro ver a jogada no monitor, e o resultado foi a anulação do gol e a marcação de um pênalti a favor do Benfica. O ábitro interpretou que Cervi foi derrubado pelo zagueiro. Pizzi foi para a bola e mandou no cantinho de Pyatov! Era o empate encarnado. 

Mas com muito volume de jogo e bastante intensidade o Shakhtar marcou pela segunda vez. Rúben Dias bobeou, Taison recuperou e rolou para Júnior Moraes, que tocou para Kovalenko bater e recolocar os donos da casa na frente. .

O terceiro gol do Shakhtar parecia questão de tempo, mas não aconteceu. Agora o time ucraniano joga pelo empate em Lisboa, enquanto os de Bruno Lage precisam vencer ou vencer. 

As duas equipes voltam a campo no próximo dia 27 no Estádio da Luz, em Lisboa. Antes da decisão para saber quem avança de fase na Europa League, o Benfica visita o Gil Vicente na próxima segunda-feira pelo Campeonato Português, enquanto o Shakhtar recebe o Desna pelo Ucraniano. 

Rafael Alexandre Coelho

Rafael Alexandre Coelho

noticias 515 RANK 9
LEITURAS 2M RANK 9
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook