noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"É normal ter um tratamento diferente"

Pin Neymar falou em coletiva sobre assuntos como seu histórico com a amarelinha e as más temporadas. EFE
Neymar falou em coletiva sobre assuntos como seu histórico com a amarelinha e as más temporadas. EFE

"É normal ter um tratamento diferente"

Daniel Fraga por Daniel Fraga @besoccer_es - 0 1,867

Na véspera de disputar sua 100ª partida vestindo a camisa da Seleção Brasileira, Neymar concedeu uma entrevista coletiva, em que falou sobre assuntos como seu histórico com a amarelinha, privilégios aos melhores jogadores e a má fase nas últimas temporadas.

Na Cingapura, a Seleção Brasileira enfrentará Senegal nesta quinta-feira. Um dia antes do amistoso, o atacante do Paris Saint-Germain falou diante de repórteres a respeito dessa trajetória.

"Quanto às críticas que o Tite recebe sobre me proteger, eu não tenho o que falar. Eu estou na seleção vai fazer 10 anos. Desde a primeira vez que eu pisei aqui eu sempre tive muita responsabilidade e sempre fui um dos principais nomes, um dos que carregavam sempre... acho que... praticamente tudo nas costas. Eu não me escondo disso. Se você for parar para pensar, analisar corretamente e ser honesto, nestes 10 anos, eu sempre exerci meu papel muito bem na seleção", avaliou Neymar.

Sobre como vê a existência de benefícios para alguns jogadores, o atacante comentou: "Eu já passei por lugares que tinham jogadores com mais nome do que eu, mais história do que eu, e eu tinha que respeitar o que os treinadores faziam com ele. É assim no clube também. Quando um atleta atinge um nível alto, considerado um dos melhores do mundo, por que não tratá-lo de forma diferente?".

O brasileiro seguiu falando sobre a diferença no tratamento entre atletas: "Não pode existir inveja do resto do time. Eu tive meu papel de entender. Eu trabalhei com o Messi e ele tem o tratamento diferente. Por que é bonito? Não, porque ele decide. É por tudo que ele faz. Não digo só de mim, mas de todo mundo que mostra um futebol nesse nível. É normal no futebol, faz parte".

O grupo de repórteres também pediu para Neymar relembrar momentos defendendo as cores do Brasil e falar sobre a atual fase e as ambições.

Principais lembranças com a camisa da Seleção

"São muitos momentos que são vitoriosos para mim. Para escolher três, eu acho que eu fico com o primeiro jogo, o início de tudo, o primeiro jogo nos Estados Unidos, a primeira Copa do Mundo e o primeiro gol pela Copa do Mundo. São três momentos importantes com a seleção. Me recordo com muito orgulho".

A fase neste início de temporada

"Estou feliz na Seleção. Estou feliz no clube também. Todos sabem do que aconteceu no mercado de verão e da vontade que eu tinha de sair. Hoje me sinto feliz e à vontade também no clube. Não é só na Seleção que estou feliz. A temporada começou muito boa para mim. Defenderei meu clube com unhas e dentes. Darei 100% para que conquistemos coisas grandes. Estando bem no clube chegarei na Seleção."

Estar entre os melhores do mundo

"Nos últimos dois anos, só não estive lá porque me machuquei. Fiquei muito tempo fora e isso atrapalha. Mas se analisar e pegar jogos, números, vai ver que eu nunca deixei de jogar futebol. Infelizmente, isso na vida de um atleta pode ocorrer, as lesões. E você precisa de cabeça boa e preparada para dar a volta por cima. Eu busco estar bem essa temporada, torcer para que nada de mal aconteça e com certeza terminar a temporada completa pode ter certeza que vou estar em cima."

Daniel Fraga

Daniel Fraga

noticias 193 RANK 12
LEITURAS 714K RANK 12
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook