noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Em grande fase na China, Gil revela sondagens de clubes brasileiros

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,602

Pin Gil - Shandong Luneng. Goal
Gil - Shandong Luneng. Goal

Em grande fase na China, Gil revela sondagens de clubes brasileiros

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,602

Zagueiro teve grande passagem pelo time paulista, esteve próximo de uma vaga na Copa da Rússia e briga pelo título chinês no Shandong.

Aos 31 anos de idade, o zagueiro Gil está em sua terceira temporada no futebol chinês. Defendo as cores do Shadong Luneg, ele está ajudando a equipe na briga pelo título e tem ganhado cada dia mais moral no clube. 

Seja no setor defensivo ou até mesmo no ofensivo, Gil tem marcado presença e chamando as responsabilidades e, por vezes, balançado as redes. O zagueiro confessa que vive o seu melhor momento desde que chegou no país. 

"Fico feliz pelo meu momento e pelo momento da equipe. Com certeza é a minha melhor fase e do Shandong desde que cheguei. Estamos na briga por dois títulos, os gols às vezes estão acontecendo, e creio que vamos assim até o final. Temos mostrado uma grande força, um coletivo importante, e isso nos dá confiança para seguir em busca das primeiras posições". 

No entanto, o zagueiro sabe que conquistar o título não será uma tarefa fácil, uma vez que cada ano que passa a competição se torna ainda mais equilibrada com várias equipes investindo pesado.

"Com certeza dá pra ser campeão e estamos lutando para isso. Está sendo uma briga muito boa e equilibrada. Nossa equipe vem bem, com poucas derrotas, poucos gols sofridos e um ataque eficiente. Tem também a Copa da China, que estamos na semifinal. Temos chances reais e vamos brigar nas duas frentes". 

 

Com boa passagem pelo Corinthians e Seleção Brasileira, é normal ver o nome de Gil ventilar durante as janelas de transferências e na última não foi diferente. Clubes como Corinthians e Flamengo sondaram a situação do zagueiro, mas por enquanto ele descarta um retorno.

"Eu acabei acompanhando mais pela imprensa mesmo. De concreto, para mim, não chegou nada. Vi que os dois clubes sondaram a minha situação e fico feliz por isso. É sinal de que tenho feito um bom trabalho e o pessoal no Brasil tem acompanhado. Mas tenho ainda contrato até o fim de 2019 e o Shandong conta comigo".

Quem também esteve interessado no jogador foi o Palmeiras, grande rival do Corintians, clube no qual o jogador fez história. Sobre a possibilidade de atuar com a camisa do Verdão, Gil preferiu deixar para pensar caso haja algo de concreto em algum momento. 

"Eu não posso avaliar esse tipo de situação sem ter algo concreto. Se chegar algo concreto, vamos avaliar".

Cercado por brasileiros em todos os lados, o futebol chinês tem investido bastante, na última janela o Shandong, time de Gil, levou Roger Guedes, até então artilheiro do Campeonato Brasileiro. O zagueiro destaca a bola relação entre os brasileiros que atua no país. 

"A relação é muito boa, mas a gente acaba encontrando mais nos jogos mesmo. Tem o Renato, que jogamos juntos no Corinthians e Seleção, o Paulinho... A relação é legal e o que mais tenho contato acaba sendo o Tardelli, pois já estamos juntos aqui tem muito tempo",

"Na verdade são esses mercados que buscam os brasileiros, né?! Eles querem fortalecer o futebol de lá e nada melhor do que contar com brasileiros. Jogadores assim acabam valorizando a modalidade e faça com que ela seja vista no mundo todo". 

Por fim, Gil afirmou que está bastante adaptado ao país, apesar de ainda ter uma certa dificuldade com a língua. 

"Sim, já são quase três anos aqui e totalmente adaptado. A língua que atrapalha um pouco, mas a gente já consegue se virar bem. A vida é bem tranquila, sou um cara que acaba ficando mais em casa e quando tem alguma folga a gente aproveitar para viajar um pouco e conhecer outros lugares"

BeSoccer

BeSoccer

noticias 42K RANK 1
LEITURAS 130M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook