noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Espanha vence de goleada e faz paella com 7 ingredientes diferentes

Pin Espanha brilha em campo. Twitter/SeFutbol
Espanha brilha em campo. Twitter/SeFutbol

Espanha vence de goleada e faz paella com 7 ingredientes diferentes

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccer_es - 0 3,193

Pela 9ª rodada das Eliminatórias da Eurocopa 2020, a já classificada Espanha recebeu a Seleção de Malta no Estadio Ramón de Carranza em Cádiz, Espanha e fez o esperado: uma goleada. O toque de mestre está no fato de que os sete gols foram feitos por sete jogadores diferentes.

A equipe de Robert Moreno era a favorita da noite e não deixou nada a desejar. Nos últimos cinco jogos das eliminatórias, a Espanha ganhou da Suécia por 3 a 0, da Romênia por 2 a 1, da Ilhas Faroé por 4 a 0 e empatou em 1 a 1 com a Noruega e a Suécia. Um retrospecto que encheu a equipe de motivação.

Já a Seleção de Malta vem com um amargo retrospecto em relação aos cinco últimos jogos. Perdeu para a Romênia por 4 a 0, para a Noruega por 2 a 0, para a Romênia por 1 a 0, para a Suécia por 4 a 0 e para a Ilhas Faroé por 1 a 0.

A Espanha vem buscando uma reformulação no seu elenco para voltar a ser a impiedosa 'La Roja' que sempre foi. Tal processo de rejuvenescimento é lento. Isso pode ser visto pela dupla de zaga que tem mais de 30 anos. Sergio Ramos com 33 e Albiol com 34 anos.

O fato de enfrentar uma Seleção de Malta com pouco poder de fogo possibilitou que Robert Moreno experimentasse e fizesse várias substituições. A atitude possibilitou que, dos sete gols feitos pela Espanha, todos foram feitos por jogadores diferentes.

Desde o começo, Sarabia foi bastante explorado e ofereceu bastante perigo ao gol de Bonello. Após vários cruzamentos na área, o 1º gol da noite estava prester a sair.

Aos 22 minutos, a Seleção Espanhola começava o show de gols assistido de camarote pelo Malta. Em escanteio cobrado, a bola fica viva na área e Gerard Moreno toca de cabeça para Morata, que toca para o fundo do gol!

Apenas cinco minutos, a Espanha teve um gol anulado em lance polêmico. Sergio Ramos recebe bola do escanteio, cabeceia e Bonello espalma. No rebote, Morata estava perto da bola, tentou chutar mas o goleiro chegou antes e tirou a bola. Nesse segundo rebote, Gerard Moreno chutou para o gol, marcou mas o impedimento entre Morata e Moreno foi confirmado. A polêmica se dá pelo fato de Morata não participar da jogada e nem ao menos ameaçar interferir na trajetória da bola.

Aos 40 minutos de jogo, Cazorla, que vinha aparecendo em perigosos chutes a gol, deixou sua marca na partida.  Gerard Moreno recebeu passe perto da meia-lua e tocou de primeira para Cazorla, que ficou de frente para o gol e não hesitou. Tocou com categoria para o fundo do gol.

Com perigosos cruzamentos de Sarabia e Gerard Moreno, a Espanha terminou o 1º tempo com 2 a 0 no placar. Os primeiros dois ingredientes da paella espanhola.

Na volta do intervalo, a Espanha quase faz o terceiro gol em uma jogada onde a defesa de Malta brilhou. Bonello saiu do gol para pegar a bola em jogada aérea e a bola sobrou para Sarabia, que soltou a bomba no gol mas Caruana salva de cabeça em cima da linha.

Aos 61 minutos, a 'La Roja' engrenou e não parou mais de fazer gol. Em escanteio, Paco Alcácer cabeceia no 2º pau e a bola passa pelo goleiro.  O estreante Pau Torres aparece e toca de peito para o gol. Uma pintura em forma de gol.

E apenas um minuto depois, Sarabia deixa o seu gol na noite vermelha que se desenhava em Cádiz. Gerard Moreno entrou na área e tocou para Sarabia, que chutou no ângulo do gol de Bonello. Chute indefensável de uma Seleção imparável.

Aos 65 minutos, o também estreante Dani Olmo entra no lugar de Morata (que saiu bastante aplaudido) e, apenas três minutos depois, o movimento de Robert Moreno deu resultado. Gol de Dani Olmo. Paco Alcácer deu um lindo passe para Olmo, que ficou cara a cara com o goleiro, tirou de Bonello e chutou forte  para deixar sua marca na noite.

O sexto ingrediente da paella foi colocado aos 70 minutos de jogo. Bernat recebeu lindo passe de Rodrigo de trivela e fez cruzamento na linha de fundo, tocando de 1ª para Moreno. Gerard Moreno apenas tocou a bola para o fundo do gol.

Para concluir a receita, Navas, que vinha sendo peça fundamental no jogo com excelentes cruzamenos, fez um golaço. Em escanteio cobrado rasteiro para trás, Thiago tocou recuado e Navas, sem marcação, chutou forte no ângulo do gol de Bonello.

Com os sete ingredientes na paella, a Espanha é líder do Grupo F com 23 pontos. 20 a menos que Malta, última do grupo e saiu de campo sem ter dado nem um chute a gol.

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 91 RANK 13
LEITURAS 305K RANK 13
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook