noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Baixa procura de ingressos na Copa América preocupa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 644

Pin Baixa procura de ingressos na Copa América preocupa. Goal
Baixa procura de ingressos na Copa América preocupa. Goal

Baixa procura de ingressos na Copa América preocupa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 644

Quais fatores poderiam explicar esta baixa procura de ingressos, dias antes do pontapé inicial do torneio?

O amistoso contra Honduras, no último domingo (09), marcou a maior goleada do Brasil sob o comando de Tite, mas o 7 a 0 foi visto por menos de 17 mil torcedores. O pior público de uma partida da seleção desde que o atual treinador assumiu o comando, em 2016. E para deixar o cenário mais preocupante, faltando três dias para a estreia na Copa América ainda restam ingressos a serem vendidos para o duelo contra a Bolívia, no Morumbi.

A situação não apenas da seleção brasileira, mas especialmente para os demais jogos da Copa América de 2019 preocupa a Conmebol. De acordo com reportagem publicada pelo UOL, a entidade sul-americana confirmou que somente pouco mais de 60% do total de ingressos disponibilizados para o público foram vendidos até o dia 7 deste mês.

Dentro da Conmebol, há o temor interno para a possibilidade de muitos jogos com estádios parcialmente vazios na primeira fase da competição. Dentre os principais motivos que explicam este interesse aquém do esperado, três fatores diferentes, porém complementares, podem ajudar a entender a baixa procura por ingressos.

Preço

Levando em consideração os jogos da primeira fase, o ingresso mais barato está no valor de R$ 60 (com R$ 30 de meia-entrada). Para efeito de comparação, o preço dos bilhetes do amistoso do Brasil com Honduras, no Beira-Rio, foi, em média, pouco mais de R$ 70. Ainda na primeira fase, os preços mais caros chegam a R$ 350.

Jogos menores

Segundo a matéria da UOL, a partida com menos interesse do público até o momento é entre Japão e Equador – marcada para 24 de junho, válido pelo Grupo C, no Mineirão. Apenas 1.400 ingressos foram vendidos.

O duelo entre Bolívia e Venezuela, também em Belo Horizonte, vem atrás, com 3.600 bilhetes comercializados. Falta interesse do torcedor médio para acompanhar partidas que não envolvam as principais camisas, como Brasil, Argentina, Uruguai e Chile.

Brasileirão distrai?

Os clubes brasileiros não entrarão em campo durante a Copa América, que será disputada entre os dias 14 de junho e 7 de julho. Mas os duelos do Brasileirão acontecerão até o dia 13, véspera da estreia do Brasil. O torcedor, que anda desconfiado com a seleção brasileira, ainda está com sua atenção voltada para o seu clube.

Três aspectos diferentes, mas que ajudam a explicar por que a procura para os bilhetes não é tão grande quanto poderia ser em um torneio deste porte.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 29K RANK 1
LEITURAS 98M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook