noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Fábio brilha intensamente, e Cruzeiro avança às semifinais da Copa do Brasil nos pênaltis após jogo cardíaco com o Santos

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,316

Pin Fabio Cruzeiro Universidad de Chile. GOAL
Fabio Cruzeiro Universidad de Chile. GOAL

Fábio brilha intensamente, e Cruzeiro avança às semifinais da Copa do Brasil nos pênaltis após jogo cardíaco com o Santos

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,316

Um dos grandes ídolos da história da Raposa, goleiro mais uma vez brilhou para seu time, defendendo três penalidades e garantindo a classificação

O jogo

No Mineirão cheio, o Cruzeiro começou empurrado por sua torcida e pressionando o Santos, e o volume de jogo e as chances criadas foram recompensadas logo aos 12 minutos, quando Thiago Neves recebeu a bola pelo lado direito, carregou e finalizou de fora da área, abrindo o placar para o Cruzeiro e aumentando a vantagem construída na Vila Belmiro, quando a Raposa venceu o jogo de ida por 1 a 0.

O Cruzeiro continuou melhor e criando mais oportunidades, inclusive acertou a trave, após finalização de Arrascaeta depois de cruzamento de Edílson.

O Santos, porém, passou a equilibrar o jogo, e conseguiu o empate aos 41, em chute de Gabriel de fora da área, que entrou no canto de Fábio.

Thiago Neves, em bela jogada depois de driblar dois adversários e finalizar, quase voltou a colocar o Cruzeiro em vantagem, mas Vanderlei fez boa defesa e a primeira etapa terminou mesmo empatada em 1 a 1.

Segundo tempo

Assim como foi no início do primeiro tempo, o Cruzeiro começou melhor a etapa final após voltar dos vestiários, tendo mais posse de bola e pressionando o Santos. Aos nove minutos, Dedé viu sua cabeçada fulminante explodir no travessão.

Três minutos depois, a Raposa quase fez 2 a 1 em duas oportunidades, primeiro, após bela combinação entre Arrascaeta e Barcos, que terminou com bela finalização de Edílson salva por Lucas Veríssimo em cima da linha. Depois, com nova cabeçada perigosa de Dedé.

Na sequência, praticamente no lance seguinte, foi Robinho quem quase marcou, travado em finalização dentro da área.

O Cruzeiro seguiu melhor e criando (e perdendo) mais chances, mas o Santos partiu pra cima e, como na etapa inicial, equilibrou as ações e passou a criar suas oportunidades.

E faltando apenas seis minutos para o fim da partida, o Santos conseguiu a virada com Bruno Henrique, colocando 2 a 1 no placar.

O resultado levava a decisão de quem avançaria às semifinais da Copa do Brasil para os pênaltis.

No entanto, uma polêmica marcou o fim da partida. Após cobrança de escanteio do Cruzeiro, Victor Ferraz dominou a bola e preparou o lançamento para Gabigol, que preparava uma arrancada para sair sozinho na cara de Fábio, em uma grande chance de gol do Santos. Enquanto o lateral dominava a bola, porém, o árbitro terminou a partida, para revolta geral dos santistas. Na confusão, o goleiro reserva Vladimir acabou expulso.

Pênaltis

Com a vitória do Santos por 2 a 1, a decisão de quem avançaria às semifinais da Copa do Brasil foi para a disputa de pênaltis, e nela, Fábio foi o herói e brilhou intensamente para o Cruzeiro.

O goleiro pegou as três cobranças do Santos, de Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota. Lucas Silva, Raniel e David marcaram para o Cruzeiro e, com isso, a Raposa garantiu o avanço na competição.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 37K RANK 1
LEITURAS 119M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook