noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Festa no Irã: mulheres voltam às arquibancadas

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 236

Pin Festa no Irã: mulheres voltam às arquibancadas. Captura/@maryampapi1
Festa no Irã: mulheres voltam às arquibancadas. Captura/@maryampapi1

Festa no Irã: mulheres voltam às arquibancadas

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 236

O futebol iraniano viveu um momento histórico nesta quinta-feira. Depois de 40 anos, as mulheres finalmente puderam acompanhar uma partida de sua seleção. Foi dia de uma celebração especial nas arquibancadas do Estádio Azadi.

O Irã recebeu a Seleção do Camboja no Estádio Azadi, que casualmente tem como tradução Estádio da Liberdade. O governo nacional modificou a lei que impedia as mulheres de presenciar partidas e elas retornaram às arquibancadas.

Praticamente todas usavam bandeiras do país e cantavam com a multidão. 3.500 mulheres acompanharam a partida e já faziam barulho desde antes do apito inicial.

Como já se imaginava, a superioridade do time local levou a partida a acabar com um placar muito desigual. Uma super goleada, festejada 14 vezes pelos donos da casa.

No entanto, nenhum desses gols - nem mesmo todos somados - se aproximaria do maior motivo de celebração e alegria. A comemoração da vitória da liberdade.

Essa mudança do governo do Irã em relação à presença feminina em eventos esportivos masculinos ocorre após pressão da Federação Internacional de Futebol (Fifa), que enviou uma delegação a Teerã no mês de setembro para buscar formas de viabilizar o acesso de mulheres ao jogo contra o Camboja.

Nesta partida, quatro setores receberam mulheres no Estádio Azadi, instalação esportiva que tem 78 mil lugares.

Confira, abaixo, o comunicado da Fifa sobre o tema:

"Pela primeira vez em quase 40 anos, milhares de mulheres foram autorizadas a entrar em um estádio de futebol no Irã para assistir a uma partida disputada por homens.

Este é um passo muito positivo e que a FIFA, e principalmente meninas e mulheres iranianas, esperavam ansiosamente. A paixão, a alegria e o entusiasmo que eles mostraram hoje foram notáveis ​​de ver e nos incentivam ainda mais a continuar o caminho que começamos. A história nos ensina que o progresso ocorre em etapas e este é apenas o começo de uma jornada.

Conseqüentemente, a FIFA agora olha mais do que nunca para um futuro, quando TODAS as meninas e mulheres que desejam assistir a partidas de futebol no IR Irã estarão livres para fazê-lo e em um ambiente seguro.

Não há como parar ou voltar agora.

Gostaria de agradecer à FA do Irã do IR, à AFC e às autoridades envolvidas por seus esforços e cooperação. A FIFA continuará trabalhando em estreita colaboração com eles, para ajudar a garantir que a coisa certa seja feita, que é permitir que todos os torcedores, independentemente do sexo, tenham a chance de ir aos estádios e desfrutar de uma partida de futebol. Desde que cheguei à FIFA, lutamos para alcançar esse objetivo.

Mas, acima de tudo, hoje quero agradecer muito e registrar nosso maior respeito a todas as meninas e mulheres iranianas que corajosamente se levantaram e estão defendendo seus direitos.

A FIFA os apoia totalmente".

BeSoccer

BeSoccer

noticias 35K RANK 1
LEITURAS 114M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook