noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Fla-Flu expõe abismo técnico entre rivais cariocas

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,264

Pin Abismo técnico entre rivais cariocas. Goal
Abismo técnico entre rivais cariocas. Goal

Fla-Flu expõe abismo técnico entre rivais cariocas

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,264

Flamengo e Fluminense se enfrentam, neste domingo (20), em situações bem opostas no Campeonatos Brasileiro.

Flamengo e Fluminense. O clássico que, nas palavras de Nelson Rodrigues, começou quarenta minutos antes do nada. Criador e criatura. Hoje, os rivais vivem momentos completamente antagônicos antes do clássico de domingo (20), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Enquanto o Rubro-Negro lidera o certame com folga, está cercado de otimismo e pensando nas conquistas dos maiores títulos que pode disputar, o Tricolor é, no momento, o pior time carioca, luta contra rebaixamento, cercado de preocupações e temeroso de uma queda para a Série B que seria trágica para suas aspirações.

Euforia e vaias

O próprio clima da torcida já dá o tom das diferenças praticamente abissais entre Fla e Flu. De um lado, os rubro-negros vão quebrando seguidos recordes de público, movimentando massas Brasil afora e embalados por músicas que exaltam o sonho de título mundial.

Já do lado tricolor, os torcedores que foram ao Maracanã para testemunhar a derrota por 2 a 1 frente ao Athletico-PR, vaiaram o time, além de voltarem o canhão de críticas especialmente para Paulo Henrique Ganso e João Pedro.

Comemoração de um, pressão do outro

Esta euforia dos flamenguistas é causada por resultados tão espetaculares quanto o desempenho que o time treinado por Jorge Jesus vai apresentando. Além de ser semifinalista da Libertadores, o Flamengo lidera o Brasileirão com oito pontos de vantagem em relação ao Palmeiras e detém uma invencibilidade de 13 jogos (12 vitórias e um empate).

O Fluminense tem como maior sequência neste Brasileirão as três derrotas consecutivas, sofridas entre as 14ª e 17ª rodadas, e viu terminar durante a semana a sua maior invencibilidade no certame até aqui – os cinco jogos (três vitórias e dois empates) anteriores à derrota para o Athletico.

Abismo técnico e financeiro 

Todo este cenário começa a ser explicado quando comparamos poder de investimento e qualidade do elenco formado. Enquanto o Flamengo vive a maior bonança financeira de sua história, o Fluminense é um dos outros cariocas que sofrem grandes crises econômicas, que resultam inclusive em salários atrasados. É algo que acaba sendo refletido na qualidade dos jogadores e elenco.

Uma comparação simples e que ajuda a pintar bem este quadro: sozinhos, Gabigol e Bruno Henrique, os atacantes do Flamengo, somam mais gols (30) do que o Fluminense fez em 26 rodadas (28).

Treinadores distintos, mas amados

Também existe uma grande diferença no comando técnico. Jorge Jesus, rubro-negro, é o treinador que mais conquistou títulos no Benfica e recolocou o gigante de Lisboa como maior potência de seu país; Marcão ocupou a vaga de interino, após a demissão de Oswaldo de Oliveira, antes de ser efetivado e ainda tem pouca experiência.

A única coincidência entre JJ e Marcão é que ambos são amados pelos seus torcedores.

As diferenças tão abissais, contudo, não tiram todo o charme de um dos maiores encontros do futebol brasileiro.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 37K RANK 1
LEITURAS 117M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook