noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Gabigol avisa Fla que não quer voltar à Inter de Milão

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 +21k

Pin Gabigol avisa Fla que não quer voltar à Inter de Milão. Goal
Gabigol avisa Fla que não quer voltar à Inter de Milão. Goal

Gabigol avisa Fla que não quer voltar à Inter de Milão

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 +21k

Emprestado ao Fla, atacante de 23 anos diz não ter pressa para resolver o futuro. No entanto, não pretende voltar ao San Siro no início de 2020.

Gabigol avisou o Flamengo que não pretende se reapresentar à Internazionale de Milão. Aos 23 anos, o atacante não tem pressa para definir o seu futuro, de acordo com informação divulgada pelo 'Globoesporte.com'.

Às vésperas do Mundial de Clubes, o Fla tenta evitar qualquer tipo de atrito com o seu artilheiro na temporada, autor de 43 gols em 56 partidas. No entanto, ao avisá-lo sobre a necessidade de reapresentação na Inter de Milão, escutou que o atleta não tenciona voltar ao San Siro no início de 2020, quando se encerra o seu contrato por empréstimo.

Depois do jogo contra o Avaí, o último no Maracanã em 2019, o atacante escutou da torcida o pedido para permanecer na Gávea em 2020. Perguntado sobre a manutenção no clube, o atacante falou:

"Não tenho pressa, nem o Flamengo tem também. A gente está muito tranquilo. Temos agora um jogo contra o Santos, meu ex-time, espero que seja um grande jogo. Prioridade é o Flamengo, os jogos e o grupo, meus companheiros. Não me coloco à frente de nada", disse.

Em que pese o desejo de manter Gabigol, o Fla já está no mercado atrás de um eventual sucessor de peso para vestir a camisa 9 em 2020. A 'Goal' já adiantou que Diego Costa é o principal alvo da diretoria. As conversas, aliás, já foram iniciadas.

Filipe Luís, que jogou durante vários anos com o brasileiro naturalizado espanhol no Atlético de Madrid e também no Chelsea, foi o responsável por intermediar os primeiros contatos. A princípio, o atacante mostrou vontade em retornar ao Brasil para defender o Rubro-Negro.

Os cariocas já haviam acertado a manutenção do atleta com a Inter de Milão, pagando cerca de 16 milhões de euros para contratá-lo. No entanto, diante do impasse, os italianos cogitam usá-lo como moeda de troca no mercado da bola.

Gabigol explica que quer resolver a sua situação depois da disputa do Mundial de Clubes, no meio de dezembro: "Ser reverenciado foi uma coisa que eu sempre sonhei. Estou muito feliz pelo carinho. O que passa pela minha cabeça agora é o jogo contra o Santos, meu ex-clube, na Vila Belmiro, onde fui muito feliz. Depois tem o Mundial. Depois disso temos tempo para sentar, conversar e resolver tudo".

BeSoccer

BeSoccer

noticias 40K RANK 1
LEITURAS 125M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook