noscript image

"Juve, Storia Di Un Grande Amore"

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 5,930

Pin A Juventus venceu e sagrou-se campeã italiana. EFE
A Juventus venceu e sagrou-se campeã italiana. EFE

"Juve, Storia Di Un Grande Amore"

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 5,930

A Juventus de Cristiano Ronaldo sagrou-se este sábado (20) campeã italiana perante os seus adeptos depois de remontar a Fiorentina (2-1). Depois do deslize da Champions a "Vecchia Signora" pode finalmente festejar o seu oitavo "Scudetto" consecutivo.

A Juventus partia para o encontro frente à Fiorentina com o sabor amargo que a Champions deixou e com a necessidade de somar um ponto para festejar um título que teimava em não chegar. 

Cristiano Ronaldo, que esteve ausente da Serie A depois da lesão pela Seleção Portuguesa, estava de regresso e talvez fosse pela sua ausência que o título não chegava. 

A precisar de somar apenas um ponto, a "Vecchia Signora" não estava a conseguir sagrar-se campeã sem Cristiano Ronaldo em campo. O português regressou, não marcou mas puxou pela equipa e até fez "meio golo" no segundo tento, o da reviravolta no marcador. 

A Fiorentina entrou melhor e logo aos 6' inaugurou o marcador. A defesa da Juventus perdeu a bola muito perto da área, no meio da confusão instalada o esférico sobra para Milenkovic que remata para o fundo da baliza "bianconeri". Szczesny reclama por uma falta sobre si mas o pisão que sofreu foi de um companheiro de equipa. 

A equipa viola continuava a pressionar e aos 26 minutos vêm um golo ser anulado a Simeone. O argentino estava em posição irregular no momento do passe e acaba por ver o seu tento anulado. 

Seguindo o velho ditado que Cristiano tão bem conhece "quem não marca sofre" e foi isso que aconteceu em Turim. A Juventus ganha um canto que Pjanic converte com eficácia para a cabeça de Alex Sandro que ao primeiro poste não falha e coloca a bola no fundo da baliza de Lafont. 

Estava feito o empate e o resultado era suficiente para a "Vecchia Signora" celebrar mas a Fiorentina não desistia e Chiesa pode bem ficar triste com os postes esta tarde. Em 10 minutos, primeiro o poste e depois a trave negaram o golo ao '25' dos violas. 

O encontro foi para o desconto empatado mas com mais ocasiões para a equipa visitante. No regresso ao relvado, a "Vecchia Signora" foi mais feliz e aos 53 minutos o resultado final é sentenciado por Pezzella na própria baliza. 

Cristiano Ronaldo aparece na direita e tenta colocar a bola em Bernardeschi que estava na frente da baliza, no desvio Pezzella faz auto-golo e coloca os "bianconeri" em vantagem. 

Chiesa, a grande dor de cabeça da Juve, tentava criar perigo mas Szczesny mostrava-se muito atento e defendia com classe e segurança os seus remates. 

Cristiano Ronaldo continuava a puxar a equipa para a frente e queria assinar um golo que acabou por não chegar. Aos 90', Dabo na cara de Szczesny viu o golo negado por uma nova grande defesa do guarda-redes polaco. 

O jogo terminou e a Juventus sagrou-se pela oitava vez consecutiva campeã italiana. Um feito que está apenas à altura da "Vecchia Signora" na Europa que consegue a cinco jornadas do fim celebrar. 

Um título que teimou em fugir nas últimas jornadas mas que chegou ao mesmo tempo que Cristiano regressou. O português é o primeiro a conseguir conquistar as três principais Ligas europeias ao sagrar-se campeão em Inglaterra, Espanha e agora em Itália. 

De mãos dadas, Cristiano e Juventus continuam a fazer história e a mostrar que um grande amor cresceu, viu e venceu.

Priscila

Priscila

noticias 1,206 RANK 7
LEITURAS 4M RANK 7
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook