noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Lainez, Havertz, Joao Félix ou Zaniolo... a lista dos grandes para o futuro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 6,098

Pin Da esquerda para a direita: Kai Havertz, Joao Felix, Nicolò Zaniolo e Diego Lainez. EFE/AFP
Da esquerda para a direita: Kai Havertz, Joao Felix, Nicolò Zaniolo e Diego Lainez. EFE/AFP

Lainez, Havertz, Joao Félix ou Zaniolo... a lista dos grandes para o futuro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 6,098

Uma estudo da ProFootballDB, o laboratório de dados da BeSoccer, analisou os dez futebolistas jovens de maior projeção que ainda não se encontram num grande mas que as principais equipas seguem de perto.

Uns ainda não eclodiram, outros acabam de o fazer... e outros chegam à Europa para demonstrar tudo o que de bom fizeram no seu país. Todos eles têm algo em comum: as condições para estar entre os reis deste desporto no futuro. 

Deixando de fora os craques que jogam nas principais equipas europeias, a ProFootballDB analisou quais são os futebolistas com menos de 20 anos que mais possibilidades têm de triunfar dentro de alguns anos. 

Vários como Zaniolo, Kluivert ou Havertz já se têm destacado. Outros como Lainez ou João Félix começaram a fazê-lo recentemente. E depois estão Badiashile, Kamara, N'Dicka, Wolf ou Florentino que começam passo a passo e sem fazer muito ruído. 

De qualquer forma, os grandes do Velho Continente têm todos na mira pois são os jogadores que maior potencial têm na atualidade. Para além disso, todos eles se destacam na precocidade, uma vez que se estrearam entre os 15 e os 17 anos, algo reservado para os escolhidos deste desporto. 

Estes são os seus nomes e a sua história: 

1. Kai Havertz (Bayer Leverkusen) 87 POTENCIAL

O jogador alemão de 19 anos é já um proddigio. Já se estreou com a Seleção Alemã e está a um passo de superar os 100 jogos oficiais com o Bayer Leverkusen, tendo produzido mais de 30 golos com os seus 21 tentos e 19 assistências. Atua no meio campo mas também pode jogar a extremo direito ou a ponta de lança.

2. Hannes Wolf (Salzburgo) 87 POTENCIAL

O seu nome ainda não saltou para a fama mas isso não significa que as principais equipas da Europa não o tenham monitorizado. Com apenas 19 anos já é fixo no Salzburgo e tem mais de 100 jogos nas principais ligas da Áustria entre o Salzburgo e o Liefering, que é a sua segunda equipa. Como Havertz, pode jogar em todas as posições do ataque, desde médio avançado a ponta de lança, com a vantagem de que também se adapta bem à esquerda. A equipa principal do Salzburgo já o viu celebrar 18 golos e também fazer 12 assistências.

3. Benoît Badiashile (Mónaco) 86 POTENCIAL

As circunstâncias particulares da equipa do Principado na temporada atual levou Badiashile a assentar na defesa do Mónaco apesar de contar com apenas 17 anos. Central encorpado e bastante atlético já disputou 22 jogos com os monegascos na presente temporada, chegando a estrear-se na Champions League.

4. Justin Kluivert (Roma) 85 POTENCIAL

O filho do mítico avançado já conta com 19 anos, o que não foi um obstáculo para disputar já mais de 80 encontros como profissional. Na Roma não tem corrido tão bem como esperava mas ainda tem tempo para recuperar os seus números do Ajax, onde chegou a marcar 13 golos e fez dez assistências. Ao contrário do seu pai, pode jogar em qualquer posição do ataque, adaptando-se especialmente bem a extremo esquerdo pela sua verticalidade.

5. Evan N'Dicka (Eintracht) 85 POTENCIAL

A grande temporada de Luka Jovic no Eintracht Frankfurt não está a passar despercebida a ninguém. No entanto, sustenta-se no trabalho de vários jogadores que estão a render a um nível incrível. Um deles é o altíssimo central Evan N'Dicka. Surgiu na cantera do Auxerre, onde se estreou antes de cumprir a maioridade. Este defesa de 19 anos está a apaixonar toda a Bundesliga com a sua contundência e a segurança atrás.Para além de jogar a central, o seu lugar preferido, pode jogar a mediocentro, médio ou a lateral esquerdo. Há promessa para o futuro.

6. Joao Félix (Benfica) 83 POTENCIAL

Apenas 32 jogos chegaram para o médio-avançado colocar as equipas europeias no bolso. Todos o seguem e, aso seus 19 anos, apenas parece questão de tempo para abandonar o Benfica e embarcar para uma equipa superar. Nos jogos pela equipa encarnada marcou 12 tentos e fez quatro assistências, mas foi o seu futebol que tem colocado louca a elite da Europa. Para além de médio-avançado pode jogar pelas laterais.

7. Boubacar Kamara (Olympique de Marselha) 82 POTENCIAL

Estreou-se na equipa principal do Marselha há três temporada mas foi nas últimas duas que assentou com os do sul de França. Como N'Dicka ou Badiashile, é muito alto e rápido no corte, pelo que França tem assegurado o futuro substituto de Varane, Umtiti ou Lenglet. Jogou mais de 40 encontros com a equipa principal do Olympique de Marselha e adquiriu uma experiência impagável aos 19 anos.

8. Diego Lainez (Real Betis) 81 POTENCIAL

No México já avisavam há muito tempo da qualidade de um Diego Lainez que se estreou no América com apenas 16 anos. Este extremo desequilibrador continuou a crescer passo a passo na Liga Mexicana até que o Betis viu o seu enorme potencial e lançou-se na sua contratação. Já jogou 10 encontros com o conjunto bético apesar de ter apenas 18 anos e foi capaz de se estrear, com um golo frente ao Rennes, na Europa League, e com uma assistência frente ao BArça, na Liga. Setién leva-o com cuidado mas é consciente do diamante em bruto que tem nas mãos, enquanto outros, como o Real Madrid e o Barcelona, vão tirando notas.

9. Nicolò Zaniolo (Roma) 81 POTENCIAL

A sua sim quase que foi uma explosão incontrolável. Acabou a temporada 2016-17 a jogar na Serie B com apenas 17 anos. Foi para o Inter e, apesar de ali não passar dos juvenis, a Roma de Mochi decidiu apostar nele. Os 4,5 milhões de euros desembolsados parecem nada depois do seu rendimento na temporada atual, com apenas 19 anos. Já jogou 28 encontros com a Roma e marcou cinco golos e fez duas assistências, sempre partindo do centro do campo ou de médio-avançado, a sua posição preferida.

10. Florentino (Benfica) 81 POTENCIAL

O médio angolano é outro produto da inesgotável cantera do Benfica. Apenas jogou sete encontros com a equipa principal mas foram suficientes para descobrir que vai ser um dos melhores médios dos próximos anos. Algo que já mostrava nas categorias inferiores. Pode jogar como médio, pivot e também como central. Tem apenas 19 anos e nacionalidade portuguesa, sendo internacional em todas as categorias inferiores da seleção.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 31K RANK 1
LEITURAS 102M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook