noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Melhores momentos de Ceni no Flamengo passam por semelhanças com 2019

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 292

Pin Melhores momentos de Ceni no Flamengo passam por semelhanças com 2019. EFE
Melhores momentos de Ceni no Flamengo passam por semelhanças com 2019. EFE

Melhores momentos de Ceni no Flamengo passam por semelhanças com 2019

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 292

Quarteto sólido no meio campo e dupla de ataque entrosada são a base para o sucesso do novo Flamengo de Rogério Ceni

Após a incômoda sequência de quatro jogos sem vencer, o Flamengo voltou ao topo da tabela do Campeonato Brasileiro, com a boa vitória por 3x1 contra o Coritiba. O primeiro triunfo de Rogério Ceni no comando do rubro-negro foi marcado por elementos que remetem ao time campeão nacional e continental em 2019.

Pilares da excelente campanha do ano passado, Arão, Gerson, Arrascaeta e Everton voltaram a se encontrar no meio campo do time carioca, garantindo consistência defensiva e criatividade na armação de jogadas.

O destaque fica para o uruguaio Arrascaeta, que lembrou os seus melhores momentos pelo Flamengo no duelo deste sábado. Com liberdade de movimentação, deu uma bela assistência para Bruno Henrique abrir o placar logo aos três do primeiro tempo e ainda marcou o seu aos 27, bem posicionado na área.

Apesar do placar positivo, o time de Rogério Ceni apresentou deficiências no ataque, que sofre com os desfalques de seus principais jogadores. O resultado foi um time muito mais agressivo, que cria boas oportunidades mas ainda peca nas finalizações.

A solução para setor ofensivo pode estar na primeira partida de Ceni com o Flamengo, quando o ex-goleiro usou Gabigol e Bruno Henrique na frente. Entrosada, a dupla é outro aceno ao Fla campeão de Jorge Jesus, que tinha os jogadores no comando do ataque. Ausente dos últimos compromissos, Gabriel está recuperado e será relacionado para o confronto de terça contra o Racing.

Para a sequência no Brasileirão e principalmente na Copa Libertadores, a defesa é outra preocupação para Ceni. Sem os lesionados Rodrigo Caio e Filipe Luís, o Flamengo foi vazado nas últimas sete partidas disputadas, fato que acende o alerta para a fase de mata-mata da competição continental. No total foram 17 gols sofridos no período.

A boa notícia é o retorno de Filipe Luís para a partida contra o Racing. O lateral faz papel tático importante e deve dar segurança para o setor. Rodrigo Caio segue em recuperação de uma lesão na panturrilha, sem previsão de retorno.

Aliviado pela primeira vitória e com o retorno de peças importantes, Ceni tem poucos dias para colocar as ideias em ordem e voltar a campo, na partida de abertura do mata-mata da Libertadores, contra o Racing da Argentina. O jogo acontece na próxima terça (24), às 21h30.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 59K RANK 1
LEITURAS 160M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook