noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"Messi dos técnicos", Conte recoloca Inter de Milão no topo da Itália

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,724

Pin Conte recoloca Inter de Milão no topo da Itália. Goal
Conte recoloca Inter de Milão no topo da Itália. Goal

"Messi dos técnicos", Conte recoloca Inter de Milão no topo da Itália

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,724

Após uma década de desespero, a Inter está lutando contra a Juventus pelo Scudetto, graças a uma transformação comandada por um ex-Juve

Das contratações sublimes ao conselho sexual bizarro, Antonio Conte está acordando um gigante adormecido no futebol italiano.

Pela primeira vez em anos, a Juventus enfrenta uma batalha pela supremacia na Série A, já que a Inter, sob comando de Conte, faz um esforço legítimo pelo título.

Com o time milanês na décima temporada sem sucesso no campeonato, o técnico chegou com a missão de trazer de volta o orgulho do time, levando de volta à sua antiga glória. Os primeiros sinais são encorajadores.

A vitória difícil em cima do SPAL por 2x1, no domingo (01), combinado ao empate da Juventus com o Sassuolo por 2x2, levou o time de Conte ao topo da tabela na Serie A.

Apesar de apenas um ponto separar os dois primeiros colocados, e a temporada ainda não estar nem na metade, a Inter finalmente parece pronta para ir longe.

Desde de 2011 foram 11 treinadores que passaram pelo clube. Quando chegou, em maio, Conte se tornou o número 12 na lista.

Embora suas raízes na Juventus tenham deixado alguns torcedores desconfiados, o treinador fez várias contratações no meio do ano e não perdeu tempo em mostrar aos fiéis da Inter que ele estava falando sério.

Do zagueiro veterano Diego Godin à dupla do Manchester United Romelu Lukaku e Alexis Sanchez, Conte fez uma série de contratações impressionantes. 

Ele também colocou suas cartas na mesa, declarando corajosamente que não se curvaria a ninguém, prometendo traçar seu próprio caminho.

"Uma última coisa sobre assumir a Inter como ex-Bianconero: penso em mim como uma pessoa honesta e leal em todos os aspectos, acredito no trabalho, esforço, sacrifício", disse Conte ao  L'Equipe  em novembro. 

"Não mudo minha personalidade, não sou um idiota, não toco violino. Tento me fazer apreciar por tudo isso, mas se você prefere acender o fogo, em vez de me considerar um exemplo positivo ...".

"Cheguei onde estou sozinho e não tenho que agradecer a ninguém, exceto meus pais. Sou um espírito livre".

Esse espírito foi exemplificado pela linha de frente da Inter, já que Lautaro Martinez e Lukaku estabeleceram uma parceria mortal. A dupla marcou 29 gols em competições nesta temporada.

Lukaku já marcou 10 vezes na Série A, depois de marcar apenas 12 gols na Premier League na última temporada. Enquanto isso, Lautaro marcou cinco vezes em um grupo difícil da Liga dos Campeões e já marcou mais gols em 14 partidas da Série A (oito) do que em toda a última temporada (seis). 

Além de possuir um ataque agudo, a Inter também mostrou boa disciplina defensiva no Conte, sofrendo apenas 13 vezes em 14 jogos da Série A, perdendo apenas para a Juve no quesito de defesa menos vazada.

Enquanto as coisas correram bem no campeonato, a Inter enfrenta uma luta no grupo da Liga dos Campeões e provavelmente precisará vencer o Barcelona no dia 10 de dezembro para garantir seu lugar nas eliminatórias. 

Depois de ver seu time perder para o Borussia e para o próprio Barcelona, fez Conta reclamar da hierarquia de seu clube, em busca de mais apoio.

"Grandes erros foram cometidos no planejamento desta temporada. Estou farto de dizer isso", disse Conte à Sky Sport Italia após a partida. 

"Não me preocupo com janeiro ou fevereiro. Deveríamos ter planejado esta temporada muito, muito melhor. Provamos que podemos incomodar alguém se estivermos em forma, mas há jogadores que jogaram sem parar."

"Não podemos jogar na Serie A e a Liga dos Campeões constantemente levados ao limite. Estou realmente chateado, porque não podemos fazer mais do que isso. Atingimos o limite".

"Só espero que esse tipo de partida esclareça as coisas para quem precisa entender. Os rapazes estão indo a 100 km/h e só posso agradecê-los por tudo o que estão fazendo durante esse período. Eles não podem dar mais do que isso".

"Estou farto de dizer as mesmas coisas repetidamente. Espero que um diretor venha aqui e diga as coisas".

Apesar do suposto planejamento deficiente, Conte ainda conseguiu dominar o tão esperado ressurgimento da Inter na Série A. 

Enquanto a Juventus parece ainda estar se encontrando sob o comando Maurizio Sarri, a Inter já parece uma equipe diferente sob a orientação de Conte, com jogadores dispostos a dar tudo por seu técnico motivado. 

"Todo mundo falou muito bem de Conte e só recebi a confirmação de como ele é ótimo", disse Alessandro Bastoni ao Gazzetta dello Sport. "Para mim, Conte é o Messi dos treinadores".

“Ele é fenomenal, tem idéias excepcionais de futebol e sempre quer atacar".

“Não faz sentido negar, queremos mudar a maneira como as temporadas da Série A estão acontecendo recentemente. Temos o treinador e a equipe para fazer isso, mas precisamos provar que é um jogo de cada vez. ”

Eles estão fazendo um bom trabalho no momento. Mas o sensacional começo da temporada para a Inter é exatamente isso - um começo. Conte sabe que derrubar a máquina vencedora da Juventus que ele ajudou a criar - levando a Velha Senhora aos três primeiros de seus oito títulos consecutivos - será extremamente difícil.

Todos no Appiano Gentile, no entanto, estão dando tudo de si. Em uma entrevista recente com Gazzetta, um membro não identificado da equipe técnica de sete homens de Conte brincou: "Quanto trabalhamos? Estamos cercados aqui em Appiano!"

Apesar do esforço incrível, mesmo o homem que levou Conte à Inter, o CEO Beppe Marotta, admitiu na quinta-feira que não esperava que seu ex-colega da Juventus tivesse um "impacto imediato" em San Siro.

É claro que Conte não está 100% satisfeito com a força de sua equipe e sua falta de diplomacia, principalmente quando se fala em público, criou polêmica. Mas então, quando alguma vez foi diferente com um personagem tão combustível, um perfeccionista sem desculpas?

Marotta já trabalhou com Conte antes. Ele sabe que de vez em quando ele vai desabafar.

No entanto, ele sabe que existem poucos treinadores melhores no mundo para revitalizar equipes e, de fato, clubes inteiros, através de uma preparação meticulosa, treinamento inspirado e pura força de vontade.

Na véspera do massivo encontro de sexta-feira com a Roma, Conte também sinalizou o fim das reclamações - pelo menos até a janela de transferências de janeiro ser aberta.

"Ainda restam quatro jogos deste período, vamos fazê-los com o peito aberto, sabendo quais são nossos pontos fortes e fracos", declarou. "Não há tempo para chorar e se esconder. Devemos fazer o nosso melhor."

Isso é tudo o que ele já pediu a seus jogadores e sua equipe técnica. E com Conte os incentivando, o melhor da Inter pode ser o suficiente para acabar com a seca de Scudetto.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 40K RANK 1
LEITURAS 126M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook