noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O drible de Marcelo Cirino que parou o Beira-Rio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,496

Pin O drible de Marcelo Cirino que parou o Beira-Rio. Captura/EsporteInterativo
O drible de Marcelo Cirino que parou o Beira-Rio. Captura/EsporteInterativo

O drible de Marcelo Cirino que parou o Beira-Rio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,496

Com o 1 a 1 no placar, o Internacional estava a apenas um gol de levar a decisão da Copa do Brasil para os pênaltis. Nos últimos instantes, Marcelo Cirino foi o autor de uma pintura para Rony tirar qualquer esperança colorada.

Com 1 a 0 que o Athletico Paranaense tinha de vantagem após a partida de ida, o Inter sabia que seria duro dar a volta por cima em casa. Mas nem os colorados mais pessimistas contavam com uma desvantagem ainda maior no primeiro tempo.

Leo Cittadini foi quem abriu o placar em bom avanço com trocas de passes pela esquerda. Nico López empatou aos 30 minutos para aliviar parcialmente os 50 mil torcedores que foram ao estádio.

O tempo passou, os ânimos colorados pareciam perder força e a torcida do Furacão passou a contar os segundos. Quando o Internacional tinha seus últimos segundos para pressionar, foi o Athletico quem chegou lá.

Cirino recebeu colado à linha da lateral esquerda e, marcado por dois adversários, ficou sem espaço. Mas fez o menos provável. De letra, mandou a bola no meio das pernas de Edenílson.

Os dois marcadores ficaram parados, sem reação, apenas olhando o atacante do Athletico entrar na área e servir Rony. A torcida local já não tinha mais voz nem chances. 2 a 1, apito final, taça na mão.

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 36K RANK 1
LEITURAS 117M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook