noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O melhor técnico que já passou pelo Bayern de Munique

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,702

Pin O técnico que superou Pep Guardiola, Ancelotti, Haynckes e Kovac. EFE/AFP
O técnico que superou Pep Guardiola, Ancelotti, Haynckes e Kovac. EFE/AFP

O melhor técnico que já passou pelo Bayern de Munique

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,702

Hans Flick calou a boca de todos no Bayern de Munique. Começou como interino após a saída de Niko Kovac e se converteu em um dos melhores técnicos da Europa e já superou todos seus antecessores, como Pep Ancelotti, Heynckes e Kovac.

Alguns jogos da Bundesliga foram suficientes para provar que o Bayern ainda é o mesmo de antes da paralisação do futebol e é o time com mais argumentos para levar esta edição da Liga dos Campeões.

Oclube bávaro se mostrou avassalador, exibiu uma condição física invejável e continua a melhorar seus recordes dia após dia desde que Hans Flick assumiu a equipe em 3 de novembro.

O técnico chegou no comando da equipe sem fazer barulho, como uma solução provisória para o incêndio causado nos últimos meses com Niko Kovac no comando do time. A passagem do croata não será lembrada com carinho especial em Munique, apesar de o ex-jogador ter conseguido conquistar alguns títulos, mas Flick não apenas conseguiu que se esquecessem de Niko, como também superou as marcas de todos os técnicos que o Bayern teve na última década.

Nem Heynckes, que ganhou tudo; nem Pep Guardiola, com seu futebol completo; nem Ancelotti, com sua grande eficácia. Ninguém chegou melhor ao Bayern neste momento. Um relatório do 'ProFootballDB', o laboratório de estatística do BeSoccer, analisa a fundo esse que já é o treinador da moda na Europa.

Hans Flick, que tem 23 jogos como treinador do Bayern, perdeu apenas dois e apenas sofreu um empate. Números que não encontram discussão quando examinados em conjunto com os dos últimos técnicos da equipe bávara.

Mais vitórias e mais gols

Depois de vencer 20 jogos dos 23 que liderou, o percentual de vitórias de Flick é 86,96%, enquanto os empates aparecem com 4,35% e perde apenas 8,7% dos jogos. Fácil, muitos vão pensar, porque ele está no Bayern. Mas nada disso. Nem Jupp - em suas duas etapas (76,15% e 78,57%) - nem Pep (75,16%), nem Carlo (70%) nem Niko (69,23%) superaram 80% das vitórias.

Alphonso Davies comemora um gol

Mas, como diria Guardiola, ganhar não é tudo, a forma também conta. E aí, novamente, o Flick supera todos os seus antecessores. O Bayern do treinador alemão marca (muitos) mais gols do que os times de Heynckes, Pep, Ancelotti e Kovac. Ele também foi o que terminou mais partidas sem sofrer gol.

No fim de semana, contra o Eintracht, o Bayern mostrou novamente sua enorme fome de gols. Ele marcou cinco e poderia marcar muito mais, já que tinha uma fonte inesgotável de oportunidades. Flick recuperou a melhor versão de Müller, transformou Davies em uma das peças mais velozes do mundo, transformou Alaba em um jogador de garantia... O número médio de gols marcados pela equipe desde a chegada do treinador é de 3,22 por encontro, um número que excede em muito o alcançado pelas equipes de Heynckes (2.5 e 2.74), Guardiola (2.46), Ancelotti (2.6) ou Kovac (2.6).

Embora tenha sofrido dois gols no confronto, os números defensivos deste Bayern também são invejáveis. Embora os 0,7 gols sofridos por jogo tenham sido melhorados por Heynckes em sua primeira etapa (0,66) e Pep (0,69), o mesmo não ocorre com partidas sem levar gol. O Bayern de Flick conquistou 13 de suas 20 vitórias com tranquilidade, já que é o número de jogos em que Neuer não pegou nenhuma bola dentro de seu gol. Em 56,52% das partidas, a equipe de Munique não sofreu nenhum gol, um percentual que também é melhor que o de Jupp (54,13%) e Guardiola (53,42%).

Robert Lewandowski comemora um gol

Fugindo dos números, que no final são aqueles que não mentem, é preciso lembrar que o Bayern fez três jogos incríveis com o técnico. Apenas alguns dias após sua chegada, quando apenas uma semana depois da vitória do time contra o Eintracht (5-1), o time bávaro venceu o Borussia Dortmund por 4 a 0. Não foi o único grande dia para os torcedores da Baviera, que, com Flick no comando, também comemoraram a goleada contra o Werder Bremen por 6-1, contra o Schalke 04 por 5-0 e contra o Hoffenheim por 6 a 0 na Bundesliga, e 6 a 0 contra o Estrela Vermelha; 3 a 1 contra o Tottenham e 3 a 1 contra o Chelsea, na Champions League.

Com a competição europeia no horizonte, em agosto, e o restante das equipes muito atrasadas em preparação e também com pressa de terminar o campeonato nacional, o Bayern já se tornou o grande favorito para vencer o 'Orelhuda'. E graças a um técnico desconhecido, que ganhou o direito de entrar na elite europeia graças ao seu grande trabalho.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 50K RANK 1
LEITURAS 142M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook