noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O peso do extracampo no mundo do futebol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,298

Pin O peso do extracampo no mundo do futebol. AFP
O peso do extracampo no mundo do futebol. AFP

O peso do extracampo no mundo do futebol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,298

O futebol é um esporte coletivo, dentro do campo são onze contra onze, mas vai além. Uma partida começa muito antes do apito inicial e os fatores extracampo podem ser determinantes para o futuro de jogadores e também de clubes.

Quão determinantes podem ser os fatores extracampo para um clube ou um jogador? É uma pergunta bastante difícil de responder já que todos estão sujeitos a enfrentar problemas das mais variadas naturezas.

Polêmicas, crises financeiras e até políticas, jogadores e clubes brasileiros já passaram por isso. Para muitos representaram a ruína, enquanto outros souberam lidar e crescer em meio as adversidades. 

O nome do momento é Neymar, o craque brasileiro não sai do noticiário, mas não é pelo seu indiscutível talento dentro das quatro linhas. O status de celebridade vai afastando Neymar da tão sonhada Bola de Ouro. 

As festas, as grandes polêmicas (como a acusação de estupro) e outras extravagâncias, podem ter influência direta no jogo de Ney. O '10' do Paris Saint-Germain teve uma temporada para ser esquecida.

Foram apenas 28 jogos disputados em toda a temporada, é bem verdade que ele chegou a balançar as redes 23 vezes, mas não esteve com o time nos momentos determinantes da temporada e nem com a Seleção Brasileira. 

Os problemas extracampo não atingem somente os jogadores, os clubes também estão suscetíveis a isso, um bom exemplo é o Vasco da Gama. 

O clube carioca vive uma situação política delicada com oposição e situação em pé de guerra. O atual presidente, Alexandre Campello escapou recentemente de uma sindicância "por causar prejuízo ao clube ao não honrar acordos judiciais com cerca de 200 funcionários demitidos". 

Mas não é de hoje que o Gigante da Colina atravessa essa situação delicada, o time vem sofrendo com os rebaixamentos para a segunda divisão. O primeiro foi em 2008, o segundo veio em 2013 e o terceiro em 2015.

Atualmente o Vasco é o 15º colocado no Brasileirão com apenas duas vitórias em nove jogos. O experiente Vanderlei Luxemburgo chegou com a missão de motivar a equipe e superar essa fase, pois afinal, se trata de um dos grandes clubes do país.

"O Vasco. É um gigante, mas um gigante adormecido. Eu recebi o convite do Vasco e olhei a representatividade do Vasco no futebol brasileiro. Acredito que é a maior oportunidade da minha carreira, já perto do fim, de fazer um grande trabalho. É a possibilidade de resgatar a autoestima do torcedor e do clube", disse em entrevista a 'ESPN'. 

Blindar o elenco de situações extracampo não é uma tarefa fácil, é preciso um grupo maduro, com líderes e a união necessária para caminhar juntos na mesma direção, é possível, mas quem disse que seria fácil?

BeSoccer

BeSoccer

noticias 35K RANK 1
LEITURAS 114M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook