noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O que se sabe dos planos para o novo Pacaembu: Santos, reformas e consórcio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 232

Pin O que se sabe dos planos para o novo Pacaembu: Santos, reformas e consórcio. Goal
O que se sabe dos planos para o novo Pacaembu: Santos, reformas e consórcio. Goal

O que se sabe dos planos para o novo Pacaembu: Santos, reformas e consórcio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 232

Fundado em 1940 e palco de grandes duelos do futebol brasileiro e internacional, o estádio passará pela maior reforma da história

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, irá passar por uma das maiores transformações ao longo dos seus 80 anos de história. Após a assinatura de um contrato com a Prefeitura de São Paulo nesta segunda-feira (16), o estádio passará a ser administrado pelo Consórcio Patrimônio SP formado pela Progen - Projetos Gerenciamento e Engenharia S.A e a Savona Fundo de Investimentos, nos próximos 35 anos. 

Os grupos responsáveis pela reforma vão pagar cerca de R$115,3 milhões à prefeitura acerca da concessão do estádio do Pacaembu. As partes ainda ressaltaram que vão investir outros R$220 milhões no complexo.

A REFORMA

O Pacaembu deverá ficar fechado por aproximadamente dois anos para as reformas. Entre as novidades, está prevista também a demolição da tradicional arquibancada batizada de “tobogã” para a construção de um prédio de cinco andares, que será alugado para firmas de serviços e escritórios.

O complexo contará com outras obras de mobilidade que vão facilitar a locomoção das pessoas no local e permitir maior arrecadação de lucros - que não terá o futebol como principal fonte. Haverá ainda estacionamento com 450 vagas. A Praça Charles Miller e o Museu do Futebol vão ficar de fora da concessão.

FUTEBOL VIROU SEGUNDO PLANO

Com o objetivo principal de atrair atenção para os negócios, o estádio será pouco usado para partidas de futebol, tendo como margem apenas 15 jogos oficiais por anos. Devido às obras do complexo esportivo, a capacidade total do Pacaembu será reduzida de 40 mil para aproximadamente 26 mil torcedores durante o período. Ocasionalmente, apenas a piscina e as pistas de corrida serão gratuitas e destinadas ao público em geral.

ESPAÇO COMERCIAL

Com o novo projeto, o Pacaembu poderá se tornar um grande ponto de comércio na cidade de São Paulo, atraindo quantidade maiores de pessoas comparado com os dias atuais. Atualmente o estádio é utilizado pelo Santos - no qual as negociações por mando de campo estão avançadas - e por Palmeiras e São Paulo quando há a realização de eventos e shows no Allianz Parque e Morumbi, respectivamente. O Corinthians, que se mudou para sua Arena em 2014, chegou a disputar mais de 1.600 partidas no Paulo Machado de Carvalho.

Em contrapartida, a Associação Viva Pacaembu recorreu à justiça para tentar cancelar a concessão, ainda sem sucesso. Os moradores alegam que eventos de destaque que atraem grande quantidade de público afetam drasticamente o trânsito da região.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 35K RANK 1
LEITURAS 113M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook