noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O único jogador capaz de acompanhar o ritmo de Mbappé

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 3,172

Pin O jogo de hoje promete uma rivalidade imensa no campeonato francês. ProFootballDB
O jogo de hoje promete uma rivalidade imensa no campeonato francês. ProFootballDB

O único jogador capaz de acompanhar o ritmo de Mbappé

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 3,172

O Estádio Louis II não viverá apenas a volta de Mbappé a Mônaco. Ali espera por Kylian o único jogador que o seguiu de perto no ano passado no quesito gol, Wissam Ben Yedder. Ambos foram os maiores artilheiros da Ligue 1 na temporada passada, e agora a briga continua muito acirrada: 25-24 com vitória de Mbappé até o momento.

Havia dúvidas sobre o estado de saúde de Kylian Mbappé, mas finalmente o francês se recuperou de seus problemas físicos e os dois artilheiros da última temporada na Ligue 1 se enfrentaram novamente nesta sexta-feira no Estádio Louis II, em Monte Carlo, e eles fazem isso no calor da luta para superar um ao outro de uma vez por todas. O ex-Sevilla procura, ademais, uma vaga na Eurocopa.

Nem Kylian Mbappé nem Wissam Ben Yedder parecem dispostos a compartilhar novamente nesta temporada a honra de serem os maiores artilheiros do futebol de elite francês. No entanto, a disputa que os internacionais franceses mantêm está a caminho de repetir o que mantiveram durante a temporada 2019-20.

Tanto o do Paris Saint-Germain quanto o do Monaco marcaram 18 gols cada no campeonato francês; 25 e 24, respectivamente, entre esta temporada e a anterior. Atualmente, a briga é um pouco a favor de Mbappé, com sete gols, contra os seis que Ben Yedder soma em 2020-21.

A verdade é que, apesar da pequena distância que os separa, foi a jovem estrela do PSG que registrou uma tendência de subida realmente promissora, com uma média de 1,02 gols a cada 90 minutos de jogo, contra 0,66 do ex-Sevilla, que também chuta menos ao gol (0,99) do que o seu rival (2,63).

No geral, as métricas de Kylian Mbappé são muito superiores às de Ben Yedder, o que lhe dá um tremendo mérito. O ombro direito de Didier Deschamps também faz muito mais dribles (12,88 contra 2,64), com 56,82% de sucesso, e é um garçom magnífico (0,88) em comparação com o 'killer' do Principado (0,11).

Pouco mais se pode pedir, porém, ao do Mônaco, nove anos mais velho do que a maior promessa do futebol mundial hoje, cuja evolução nas últimas quatro temporadas, desde que deixou o Louis II, foi justamente exponencial. Mas Ben Yedder, apesar de tudo, parece disposto a manter a luta até o fim. Outra vez

BeSoccer

BeSoccer

noticias 58K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook