noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

O XI das próximas estrelas do futebol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,673

Pin O XI das próximas estrelas do futebol. BeSoccer
O XI das próximas estrelas do futebol. BeSoccer

O XI das próximas estrelas do futebol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,673

ProFootballDB, o laboratório de dados de BeSoccer, elaborou uma lista com aquele que seria o time do futuro de acordo com dados de desempenho e estatísticas.

Com eles poderiamos ter uma escalação chamada para liderar a década que inauguramos, já que sua qualidade não está em dúvida, sua juventude ainda mais e os indicadores de desempenho registrados por ProFootballDB indicam claramente que eles têm tudo em suas mãos (e pés) para serem referências no futebol mundial.

O sistema de classificação ELO (a medida padronizada para medir o desempenho em alguns esportes), passes importantes, cruzamentos na área, 'tackles', gols, assistências e outros parâmetros que regulam os dados mais objetivos sobre o desempenho dos jogadores foram os critérios adotados. A isso unimos essa subjetividade tão necessária no futebol ao apostar naqueles que se destacam com tão pouca idade.

Donnarumma no gol; Dest e Davies nas laterais, com De Ligt e Kouassi na zaga; Camavinga e Tonali como volantes; uma linha de três com Jadon Sancho à direita, João Félix no meio e Havertz à esquerda; e na frente, Haaland. Esse é o nosso time.

Estamos falando de uma equipe de sete destros e quatro canhotos (Davies, Camavinga, Havertz e Haaland), com idade média de 19,09 anos distribuídos entre a Bundesliga (4), Serie A (3), Ligue 1 (2), LaLiga (1) e Eredivisie (1). Todos, exceto Kouassi e Camavinga, atuam por suas seleções absolutas, os demais jogam por: França, Itália, Inglaterra, Alemanha, Portugal, Holanda, Estados Unidos, Canadá e Noruega.


Donnarumma, um gigante precoce

Dest, o latetal 3.0

De Ligt, uma cabeça multifuncional

Kouassi, o sangue-frio do zagueiro sem nome

Davies, filho do vento e da guerra

Tonali, luxo em seus pés

Camavinga, um ciborg mágico

Jadon Sancho, impossível não se apaixonar

João Félix, esquiando entre zagueiros

Havertz não é um jogador, é um engenheiro

Haaland, o rinoceronte branco

BeSoccer

BeSoccer

noticias 51K RANK 1
LEITURAS 143M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook