noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Onze ideal dos reservas mais caros na temporada 2016-2017

Pin Renato Sanches está tendo pouco destaque no Bayern de Munique. EFE/Arquivo
Renato Sanches está tendo pouco destaque no Bayern de Munique. EFE/Arquivo

Onze ideal dos reservas mais caros na temporada 2016-2017

Carmen Titos por Carmen Titos @besoccer_pt - 0 +56k

Muitos jogadores que trocaram de time no verão passado por cifras importantes não estão sendo titulares em suas novas equipes. Fazemos um onze ideal dos reservas mais caros do banco.

Goleiro: Jasper Cillessen (Barcelona,  € 13 milhões, R$ 43,5 milhões)

Quando foi anunciada a sua assinatura, era bastante provável que chegasse a ser o substituto de Ter Stegen, e, de fato, assim foi. Jogou a Copa do Rei, uma partida da Champions e outra da Liga.

Lateral direito: Daryl Janmaat (Watford, € 8'9 millones, R$ 29,8 milhões)

Quando os 'hornets' pagaram pelo internacional holandês cerca de nove milhões ao Newcastle, esperavam que tivesse mais protagonismo, mas apenas tem jogado 1000 minutos com o time inglês.

Zagueiro: Lorenzo Tonelli (Napoli, € 10 milhões, R$ 33,5 milhões)

Depois de estar no banco quase toda a primeira parte da temporada, debutou como titular com gol contra a Sampdoria. Voltou a marcar contra o Pescara enlaçando dois jogos consecutivos anotando. Jogou frente ao Milan, sem gol desta vez, e sofreu uma lesão. No total, jogou 270 minutos com o primeiro time.

Lateral esquerdo: Jorge (Mônaco, € 8'5 millones, R$ 28,4 milhões)

No 30 de janeiro, o time galo contratou seus serviços, mas dois meses depois de chegar no Principado, só tem jogado 95 minutos na Copa da França. Não teve oportunidades nem na Liga nem na Champions.

Volante: Grzegorz Krychowiak (PSG, € 33'6 milhões, R$ 112,5 milhões)

Pedido expresso de Unai Emery, apenas supera os 1000 minutos somando todas as competições, sendo um futebolista acostumado a superar os 2000 sem se cansar em Liga. O polaco, esperava ser mais importante no Parque dos Príncipes.

Meio-campista: Moussa Sissoko (Tottenham, € 35 milhões, R$ 117,2 milhões)

Depois da sua grande campanha no Newcastle e a sua boa Eurocopa com a França, foi uma das novelas do verão. Os 'spurs' terminaram por ficar com ele, mas Pochettino deu-lhe pouco mais de 1000 minutos entre quatro competições.

Meia-ponta: Renato Sanches (Bayern de Munique, € 35 milhões, R$ 117,2 milhões)

Brilhou depois da sua temporada no Benfica e sua desenvoltura na Eurocopa com Portugal, na qual os lusos terminaram ganhando o título. Os bávaros viram nele muito potencial, mas Ancelotti só lhe deu 702 minutos até o momento.

Meia-ponta: Sofiane Boufal (Southampton, € 18'7 milhões, R$ 66 milhões)

Outro jogador do qual esperava-se mais depois do seu esplêndido ano e meio no Lille, mesmo que não tenha terminado de se adaptar com os 'saints'. Não chega aos 1000 minutos com o primeiro time e soma menos de 800 na Premier League.

Atacante: 'Gabigol' (Inter de Milão, € 29'5 milhões, R$ 98,8 milhões)

É um dos fracassos mais famigerados da temporada 2016-17. Os 'neroazzurri' pagaram uma atraente soma ao Santos por ele, mas só tem jogado 153 minutos com o time italiano. Na Serie A, deram-lhe 81 minutos e conseguiu marcar um gol.

Atacante: Michy Batshuayi (Chelsea, € 39 milhões, R$ 130 milhões)

Outro conhecido fracasso. Chegou com a fama de grande atacante em Stamford Bridge, mas não convenceu Antonio Conte, que só lhe deu 497 minutos de jogo. Porém, marcou em todas as competições, Premier, FA Cup e EFL Cup. 

Atacante: Paco Alcácer (Barcelona, € 30 milhões, R$ 100,4 milhões)

Foi difícil a adaptação para o internacional espanhol, mas não imaginávamos que custaria tanto. Seu primeiro gol oficial chegou em dezembro, na Copa do Rei, frente ao Hércules. No total, soma 866 minutos entre Liga, Champions e Copa, nos quais conseguiu marcar três gols. Pouca coisa para o artilheiro de Torrent.

Carmen Titos

Carmen Titos

noticias 2,251 RANK 4
LEITURAS 10M RANK 6
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook