noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Os onze melhores de cada continente

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 5,619

Pin Quem são os melhores onze de cada continente? BeSoccer/EFE/AFP
Quem são os melhores onze de cada continente? BeSoccer/EFE/AFP

Os onze melhores de cada continente

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 5,619

Os jogos das Seleções move paixões, e em muitos casos, mais que as dos clubes. Hinos, bandeiras e sentimentos mantidos por dois ou quatro anos tornam as partidas entre as equipes nacionais um mundo cheio de emoções.

Mas e se formos mais longe? No BeSoccer, com a ajuda do laboratório de dados de futebol do ProFootballDB, nos incentivamos a imaginar uma competição por continentes. Qual deles teria a melhor equipe titular?

Com certeza, haverão muitos nomes que podem estar entre os onzes, porém, não há lugar para todos! Mas você pode contribuir com sua opinião nos comentários suas propostas.

África

O futebol africano nos lembra, principalmente de quatro em quatro anos, que tem uma qualidade às vezes injustamente esquecida. Simplesmente ao ver a frente composta por Salah, Aubameyang e Mané é que podemos comprovar. E o que dizer de um meio-campo com Mahrez, Thomas e Ziyech? E não se pode desprezar uma defesa com Matip, Achraf e Koulibaly ...

América

Sem dúvida, a grande favorita para uma final hipotética junto com a Europa. Todas as linhas têm jogadores de alto nível, especialmente na zona ofensiva. Messi, Suarez e Neymar, o 'msn' que brilhou no Camp Nou, lideram os onze com nomes ilustres como Alisson, Alves, Godin, Arthur e James.

Asia

Aqui haverá um grande acordo com a estrela do continente. Son Heung-Min, do Tottenham, é o nome mais conhecido e de nível mais alto desses onze. Nele encontramos outros rostos conhecidos, como os de Wu Lei (Espanyol), Azmoun (o 'Messi iraniano'), Kagawa (ex-Borussia Dortmund e United) e Kang-In Lee, grande promessa do Valência.)

Europa

O Velho Continente respira futebol nos quatro lados. Isso é evidente em sua tradição, quantidade e qualidade de garotos que, por terem menos idade, perseguem uma bola com muito gás. Cristiano, Mbappé e Lewandowski compõem um ataque desejado por qualquer Sheik poderoso, embora seja injusto destacar apenas uma linha. Kroos, De Jong, De Bruyne, Van Dijk, Ramos, Oblak ... Um onze repleto de craques!

Oceanía

Para quase todos, a cinderela deste torneio imaginário. O salto entre a Oceania e o resto (talvez menos com a Ásia) é bastante considerável, embora a extensão da terreno e cultura, até agora menor, da bola lhe dão méritos. Wood (Burnley), Ryan (Brighton), Leckie (Hertha de Berlim), Rogic (Celtic), Mooy (Brighton) e Behich (Estrela Vermelha), os nomes mais ilustres.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 37K RANK 1
LEITURAS 119M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook