noscript image

Os quatro clubes que podiam comprar Messi

Pin O Barcelona subiu a cláusula na sua última renovação de contrato. EFE
O Barcelona subiu a cláusula na sua última renovação de contrato. EFE

Os quatro clubes que podiam comprar Messi

Com a contratação de Neymar pelo PSG, por 222 milhões de euros, no último verão de transferências revolucionou o mercado. O preço dos jogadores multiplicou-se de uma maneira surrealista e quase impossível de pagar. A nova cláusula de rescisão de Messi também está qualquer coisa de extraordinária.

Se alguma equipa quiser comprar o 'astro' argentino terá de pagar, nada mais, nada menos que 700 milhões de euros pelo jogador.

Nunca um jogador teve uma cláusula de rescisão tão grande, como o argentino.

Segundo o jornal 'As', existe apenas quatro equipas com capacidade financeira para comprar o passe do jogador. Mas todas elas teriam de vender alguns craques para conseguirem receber aquele, que atualmente, é um dos melhores do Mundo.

PSG (França)

O primeiro é o clube parisiense. Se ele optar por vender Neymar pode entrar até 400 milhões de euros, o que deve ser acrescentado, à possível venda de Cavani, descontente no clube, teria potencial suficiente para iniciar a transferência de Messi.

 

 

 

 

Manchester United (Inglaterra)

Em Inglaterra, o Manchester United é um dos clubes com poder financeiro para pagar 700 milhões por Messi. É um dos mais ricos do mundo e pode colocar  Pogba no mercado, porque interessados existe sempre. No verão passado, os 'red devils' gastaram 200 milhões em reforços para a sua equipa, por isso não falta dinheiro para convencer Messi a assinar com clube de Manchester.

Chelsea (Inglaterra)

Ao Chelsea também não vai faltar compradores por Hazard. O próprio Real Madrid está atrás do jogador belga. Roman Abramovich assinaria, de acordo com a fonte acima mencionada, o livro de cheques para cumprir seu sonho de levar Messi para Stamford Bridge.

Manchester City (Inglaterra)

Por fim, o Manchester City de Guardiola que é o mais bem colocado nesta lista, pois para além das boas relações entre Pep Guardiola, dinheiro é que não falta a este clube.

Foi um dos clubes que gastou mais dinheiro na história do futebol e ainda podia vender alguns ativos importantes, como, por exemplo, o 'Kun' Agüero. Além disso, vale a pena mencionar o fator Guardiola.

Não existe o impossível no futebol. Mas antes de colocar 700 milhões na mesa, eles terão que fazer algo ainda mais difícil: convencer Messi a sair de sua casa, o Barcelona.

 

 

 

David José Pragosa Almeida

David José Pragosa Almeida

noticias 411 RANK 8
LEITURAS 2M RANK 8
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook