noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Os times brasileiros vão reduzir salários dos jogadores? Veja a situação de cada um

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 165

Pin Os times brasileiros vão reduzir salários dos jogadores? Veja a situação de cada um. Goal
Os times brasileiros vão reduzir salários dos jogadores? Veja a situação de cada um. Goal

Os times brasileiros vão reduzir salários dos jogadores? Veja a situação de cada um

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 165

Sem acordo com sindicato de atletas, clubes estão negociando diretamente com os jogadores uma saída para a crise provocada pelo novo coronavírus

A pandemia do novo coronavírus paralisou o futebol ao redor do mundo e complicou a vida financeira de muitos clubes. No Brasil não é diferente e, a exemplo de outros países, uma das saídas tem sido a redução salarial dos elencos.

O problema é que em solo brasileiro não houve acordo coletivo entre a Comissão Nacional de Clubes (CNC) e a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf). Desta maneira, cada clube está resolvendo a situação de um jeito com seus elencos.

Quais times anunciaram cortes nos salários? Como são os acordos?

Até o momento, Bahia, Ceará, Fortaleza, Grêmio, Atlético-MG e Santos são os integrantes da elite que encontraram uma solução. Rebaixado à Série B, o Cruzeiro também decidiu pelo corte. Veja caso a caso a seguir.

Atlético-MG

Jogadores, dirigentes remunerados, membros da comissão técnica e funcionários sofreram um corte de 25% dos vencimentos. A medida foi tomada de forma unilateral e vai se estender "pelo período em que perdurarem os efeitos da pandemia", segundo nota oficial assinada pelo presidente Sérgio Sette Câmara. 

"Eu penso em defender o clube, eu não fico preocupado se o funcionário chiou ou não chiou. Se alguém tiver insatisfeito, a gente faz o desligamento", declarou o mandatário à Rádio 98FM.

Bahia

No último dia 6 de abril, em conversa via redes sociais, o presidente Guilherme Bellintani confirmou que houve um acerto e que os jogadores "foram parceiros" do clube, mas não divulgou mais detalhes.

A diretoria e os jogadores do time alvinegro chegaram a um acordo cujos detalhes foram divulgados pelo site UOL. Em abril, os atletas vão receber 75% do salário e 75% dos direitos de imagem, com os 25% restantes sendo incluídos nos pagamentos a partir de julho.

Em maio serão pagos 75% das férias e dos vencimentos CLT e 75% dos direitos de imagem. Os jogadores aceitaram abrir mão de 10% do salário e dos direitos de imagem deste mês, e os 15% restantes também serão quitados a partir de julho.

Cruzeiro

A exemplo do arquirrival Atlético, o Cruzeiro também optou unilateralmente por corte: "Caso se mantenha a situação de pandemia, será aplicada uma redução de 25% sobre o salário dos funcionários (colaboradores, jogadores, diretoria e membros da comissão técnica), imediatamente após o retorno das férias, mesmo período em que poderá iniciar a redução para os que não estão de férias", disse o clube em nota.

Fortaleza

O Tricolor chegou a um acordo parecido ao arquirrival. O salário do elenco de março, a ser pago em abril, teve um abatimento de 25% que será pago posteriormente. Quanto aos vencimentos referentes a abril e pagos em maio, jogadores aceitaram abrir mão de 10% e a diretoria "cortou" 15%, que também será acertado ao final da crise.

"A gente realmente aceitou porque a gente sabe que hoje, 10% do nosso salário, para ajudar outras pessoas, acaba sendo nada. Então, a gente acabou abrindo mão disso para que os funcionários que ganham menos que a gente pudesse ter o seu sustento, cuidar dos seus familiares", disse o atacante Osvaldo em live no Instagram.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 47K RANK 1
LEITURAS 138M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook