noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Palmeiras: gols sofridos no fim custam liderança no Brasileiro

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 107

Pin Gols sofridos no fim custam liderança no Brasileiro. EFE
Gols sofridos no fim custam liderança no Brasileiro. EFE

Palmeiras: gols sofridos no fim custam liderança no Brasileiro

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 107

Contra o Grêmio, Palmeiras sofre mais um gol nos acréscimos em jogada de bola na área e vê liderança do Brasileirão ficar mais distante.

A partida deste domingo (20) teve um final bem conhecido pelos torcedores do Palmeiras. A equipe de Luxemburgo estava vencendo por 1 a 0 e o resultado já parecia garantido quando, aos 92 minutos, o Grêmio empatou com uma bola aérea em jogada de escanteio. Os gols sofridos no fim a partir de cruzamentos já estão virando rotina e já custam ao time a liderança do Campeonato Brasileiro.

Com 18 pontos, o Palmeiras ocupa a quarta posição na tabela, com o mesmo número de pontos do São Paulo, que leva vantagem nos critérios de desempate. O líder é o Atlético-MG, com 21. 

Se tivesse garantido os três pontos no duelo contra o Grêmio, o Alviverde estaria agora com 20 pontos, o que ainda não seria suficiente para superar o Galo de Sampaoli. Porém, essa não foi a única vez que uma bola lançada na área no final da partida custou pontos importantes à equipe de Luxemburgo. 

A história já havia se repetido contra o Bahia. Na ocasião, o clube paulista vencia fora de casa até os 95 minutos, quando, já no desespero, o Tricolor alçou uma bola na área. A jogada parecia sem perigo, mas Weverton tentou cortar e falhou, deixando um presente para Marco Antônio empatar. 

Os quatro pontos desperdiçados - dois contra o Grêmio e dois contra o Bahia - já seriam suficientes para dar a liderança do Brasileirão ao Palmeiras.

Contra o Internacional, mais uma vez o enredo foi bem parecido. Aos 92 minutos, o lateral Moisés cruzou na área e novamente contou com uma falha, desta vez de Luan, que tentou cortar mas acabou batendo a mão na bola. O pênalti foi marcado e, Thiago Galhardo, artilheiro do Brasileirão, fez o gol.

A única diferença na partida contra o Inter é que, no momento do gol, o jogo estava empatado em 0 a 0. Contudo, mesmo após sofrer o gol aos 92 minutos, o Palmeiras ainda conseguiu empatar, aos 94, com Luiz adriano. Mas o gol sofrido no fim após um cruzamento na área mais uma vez custou pontos à equipe. 

E os torcedores mais atentos também devem se lembrar bem como o Corinthians empatou o Derby na final do Paulistão. O Palmeiras vencia por 1 a 0 até os 97 minutos, mas sofreu o empate em pênalti convertido por Jô. 

E o pênalti nasceu justamente em mais uma bola alçada na área nos minutos finais da partida. Sidcley cruzou e a zaga não afastou. Então, Jô se antecipou e conseguiu dominar a bola, quando sofreu uma forte entrada de Gustavo Gomez dentro da área. 

É verdade que nas penalidades o Palmeiras levou a melhor e foi campeão, saindo do longo jejum que já incomodava a torcida. Mas o gol poderia facilmente ter custado o título Paulista.

Se o Palmeiras realmente quiser brigar pelo nacional, Luxemburgo já avisou que a equipe precisa aprender a segurar os resultados para não sofrer no fim, mas também precisa melhorar a bola aérea defensiva.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 57K RANK 1
LEITURAS 156M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook