noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Pedro Rocha no Flamengo: as novas opções para JJ e quem perde espaço

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 487

Pin Pedro Rocha no Flamengo: as novas opções para JJ e quem perde espaço
Pedro Rocha no Flamengo: as novas opções para JJ e quem perde espaço

Pedro Rocha no Flamengo: as novas opções para JJ e quem perde espaço

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 487

O atacante, que estava no Cruzeiro, não chega com status de titular, mas capacita ainda mais o elenco de Jorge Jesus

Pedro Rocha está a detalhes de ser anunciado como reforço do Flamengo para 2020. O jogador, que pertence ao Spartak de Moscou, chegaria por empréstimo de um ano e com valor definitivo de R$ 35 milhões caso o Rubro-Negro resolva exercer tal direito ao final da próxima temporada.

Revelado na base do Grêmio, clube onde viveu o melhor momento de sua carreira, inclusive sendo campeão da Libertadores em 2017, Pedro estava emprestado ao Cruzeiro.

Assim como aconteceu com inúmeros jogadores da Raposa, 2019 não foi o melhor ano de sua carreira, mas em um Flamengo que vive institucionalmente situação absolutamente oposta à da equipe mineira o talento do atleta de 25 anos pode voltar a florescer. Mas em uma equipe toda acertada, como é o Fla, Pedro Rocha brigaria com quem por sua vaga?

Melhora o elenco, mas não chega para ser titular (Foto: Pedro Vilela / Correspondente)

Embora possa jogar em praticamente todas as posições do ataque, Pedro Rocha é um ponta-esquerda. Também foi bastante escalado como atacante mais avançado, tanto no Grêmio quanto no Cruzeiro. Ou seja: pode entregar várias opções táticas para Jorge Jesus.

Mas como Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol dominaram estas funções, em um primeiro momento não é possível imaginar Pedro Rocha chegando com status de titular neste Flamengo (aliás, poucos jogadores chegariam ao Rubro-Negro, hoje, com este rótulo).

Orlando Berrío, em um primeiro momento, e depois Vitinho seriam as brigas de posição mais óbvias para Pedro Rocha.

Pedro Rocha vs Berrío (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Pedro Rocha disputou 23 jogos pelo Cruzeiro no Brasileirão 2019, sete a mais em relação à participação de Berrío no campeonato. Portanto, é normal que tenha número maior de gols (2 a 1), embora ambos tenham contabilizado as mesmas duas assistências.

Mas vale destacar que enquanto Berrío jogou em um Flamengo todo ajeitadinho, Pedro Rocha esteve no Cruzeiro mais caótico da história. Em média de participação por partida, o brasileiro finalizou mais (1.3 a 0.4) e criou mais chances (0.7 a 0.5). Também completou mais dribles (55% de sucesso neste quesito, contra 42% do velocista colombiano).

Pedro Rocha vs Vitinho (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

Vitinho fez sua melhor temporada pelo Flamengo, anotando cinco gols e dando três assistências no Brasileirão 2019. Mas não era um titular na equipe ideal de Jorge Jesus. É por isso que Pedro Rocha pode se tornar, em um segundo momento, a “sombra da sombra”.  

Mas nem mesmo nos seus melhores anos pelo Grêmio, 2016 e 2017, Pedro Rocha foi regularmente mais decisivo do que Vitinho em 2019. A vantagem do ex-cruzeirense e ex-gremista naqueles anos foi a qualidade da finalização: converteu em gols 10.3% e 10.7% de suas tentativas. Vitinho, em 2019, teve aproveitamento de 10%.

Seja como opção melhor do que Berrío, sombra para Vitinho ou escolha eventual em meio a possíveis desfalques que o Flamengo possa ter, a certeza é que o elenco rubro-negro fica ainda mais capacitado com um jogador que chegaria para ser titular em boa parte dos clubes brasileiros.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 40K RANK 1
LEITURAS 125M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook