noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Pedro volta com semelhanças em relação a Gabigol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 560

Pin Pedro volta com semelhanças em relação a Gabigol. GOAL
Pedro volta com semelhanças em relação a Gabigol. GOAL

Pedro volta com semelhanças em relação a Gabigol

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 560

O mais novo reforço do Flamengo para 2020 também retorna ao seu país para reencontrar o futebol perdido

Pedro desembarcou no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (17), e por mais que ainda não tenha assinado o contrato de empréstimo com o Flamengo, já falou como atleta do clube.

O jogador de 22 anos, revelado pelo Fluminense e que pertence à Fiorentina, é o outro centroavante que Jorge Jesus tanto pediu em 2019. Pedro, contudo, chega em um momento ainda mais importante porque é provável que o Flamengo seja um dos times mais desfalcados por causa das convocações que serão feitas para a disputa da Copa América 2020 – que podem tirar temporariamente nomes como Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

A outra excelente notícia para o torcedor flamenguista nesta semana foi sobre a negociação envolvendo a contratação em definitivo de Gabigol: é apenas uma questão de tempo para o clube carioca oficializar a contratação do herói do título da Libertadores, que estava emprestado pela Inter de Milão, até 2024. Gabriel é o titular no comando do ataque rubro-negro, mas também serve de inspiração para Pedro, que volta ao futebol brasileiro em situação ligeiramente parecida ao do camisa 9.


Semelhanças 

Tanto Gabigol quanto Pedro deixaram o futebol brasileiro, rumo à Itália, com a esperança de que fariam sucesso na Europa. E se a expectativa sobre Gabriel era maior, Pedro tinha como trunfo o fato de ter entrado na mira do Real Madrid antes de sofrer uma grave lesão: o potencial estava todo lá.

Entretanto, para surpresa dos brasileiros que acompanhavam por aqui seus gols, nenhum deles vingou no Velho Continente. Gabigol pegou o avião de volta para o país natal após dois anos e Pedro retorna menos de um ano após ter trocado o Fluminense pela Fiorentina.

Diferenças 

Com a tradicional camisa roxa do clube de Florença, Pedro não foi titular em nenhum dos quatro jogos que disputou e somou apenas 59 minutos em campo. Ou seja: não chegou a completar os 90 minutos de uma partida. É válido dizer que o atacante também sofreu com as mudanças institucionais na estrutura da Fiorentina.

Gabigol somou 15 jogos na Europa: 10 pela Internazionale e cinco pelo Benfica. Somou dois gols divididos por cada camisa. O fato de não ter dado certo no futebol português, que costuma ser um porto seguro para brasileiros na Europa, em sua segunda tentativa, pode ter representado um golpe forte nas aspirações de Gabriel em ter sucesso por uma potência europeia – tanto que o atacante não recebeu propostas dos times mais pesados do Velho Continente.

No Flamengo, Pedro encontrará uma equipe bem estruturada e, como dizem, em outro patamar em relação aos seus rivais. Tudo isso, teoricamente, faz com que a sua adaptação seja mais fácil. Mas para voltar a ser um jogador que permeia o pensamento de clubes como o Real Madrid, o primeiro passo do mais novo atacante rubro-negro será ganhar a disputa de titular com Gabigol.

E é aquela coisa: quando dois jogadores de competência disputam entre si uma vaga, quem tem mais a ganhar é a camisa vestida por eles.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 42K RANK 1
LEITURAS 129M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook