noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Pjanic, um coringa para o Barcelona

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 3,883

Pin Pjanic, um coringa para o Barcelona. EFE
Pjanic, um coringa para o Barcelona. EFE

Pjanic, um coringa para o Barcelona

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 3,883

O reforço da próxima temporada pode ajudar a nova equipe em diferentes funções e até mesmo estabelecer uma briga com Messi.

O Barcelona, nesta semana, oficializou a saída de Arthur para a Juventus, e a chegada de Miralem Pjanic, vindo justamente da Velha Senhora. A "troca" de um jogador de um jogador de 23 anos por um de 30 deixou muita gente surpresa. Mas afinal, o que bósnio pode acrescentar à equipe do Barça?

O jornal espanhol Mundo Deportivo fez uma análise sobre as funções que Pjanic pode desempenhar no time catalão e apresentou algumas das alternativas.

Para começar, com um meia de recuperação, o bósnio pode ocupar a mesma de Sergio Busquets, como um jogador de alternativas, tanto no 4-3-3 quanto no 4-4-2. Pjanic tem alguma características semelhantes às do camisa 5 culé, podendo aliviar a pressão com dribles curtos e eficazes com sua técnica refinada. 

A categoria e precisão para os dribles, inclusive, lembra as que tornaram Xavi tão popular. Pjanic tem o mesmo sangue frio e a mesma coragem para decidir, em milésimos de segundos, o que fazer com a bola. 

Com a chegada de Pjanic, o Barcelona também pode resolver o problema de adaptação de Frankie De Jong, que ainda não se firmou desde sua chegada, em 2019, mas principalmente na atual temporada 2019-20. Exercendo uma posição de pivô, o ex-Juve liberaria o holandês para desempenhar um papel criativo, onde costuma se dar melhor.

Outras possibilidade seria ele relembra os tempos de Roma, e exercer a mesma função que tinha por lá, jogando da forma que gosta: pegando a bola e oferecendo alternativas para seus companheiros. 

Tendo um excelente aproveitamento com bolas paradas, Pjanic também pode se apresentar como competidor para o batedor do Barça: Lionel Messi. O bósnio, entre 2013 e 2016, teve o melhor aproveitamento no fundamento em toda a Europa. Além disso, com a influência das batidas, também faz bons cruzamentos para a área e boas cobranças de escanteio.

Apesar de não ter vivido o seu melhor momento nesta temporada atípica na Juve, por conta da pandemia de coronavírus Covid-19, ele também tem um bom chute a longa distância, uma função não muito presente na equipe catalã - hoje, só Messi e rakitic arriscam de fora da área. 

Portanto, apesar da idade, Pjanic pode ter muito a oferecer ao Barcelona e, se estiver um boa fase, e sim um grande reforço, seja para Quique Setién, ou por quem for o treinador do Barça no próxima temporada.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 52K RANK 1
LEITURAS 146M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook